650_1000_nuevo-moto-x-front-1

 

Agora é oficial. Depois de semanas de rumores, imagens e especificações técnicas vazadas na internet, a Motorola anuncia oficialmente a segunda versão do Moto X, que diferente do que foi especulado, vai se chamar simplesmente “novo Moto X” (no Brasil, Moto X de segunda geração).

As melhorias nas especificações técnicas foram substanciais em quase todos os seus itens, principalmente na sua tela, que passa a contar com uma resolução de 1080p, algo que é considerado um elemento essencial para posicioná-lo entre um dos dispositivos de destaque de 2014. Sem falar no seu preço, que é o mesmo sugerido na ocasião do lançamento do primeiro Moto X: R$ 1.499.

Uma das primeiras mudanças perceptíveis no novo Moto X está no material utilizado no seu acabamento. Uma borda metálica substitui o plástico do Moto X original, e a sua parte traseira pode ser de bambu, madeira ou de uma pele que imita o couro couro legítimo dando assim um toque de exclusividade para o dispositivo (que na versão anterior era muito confundido com o Moto G quando visto de longe por algumas pessoas).

O novo Moto X também está maior nas suas dimensões, e mais pesado (144 gramas). A largura do dispositivo ficou em 72.4 mm, a altura em 140.8 mm, e a espessura é de 10 mm. São números muito próximos daqueles encontrados na primeira versão do dispositivo.

650_1000_nuevo-moto-x-back

O novo Moto X tem um salto de tela de 4.7 polegadas para 5.2 poleadas. A tela segue sendo uma AMOLED, mas com uma resolução de 1080p, obtendo assim uma densidade de 423 ppp, com proteção Gorilla Glass. Seu processador passa a ser um Qualcomm Snapdragon 801 quad-core de 2.5 GHz, trabalhando com uma GPU Adreno 330, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento (atenção: não expansível).

O modelo também passa a contar com um quarto microfone interno (o Moto X contava com três), além de um sistema de ativação por controle de voz com instruções personalizáveis pelo usuário, além de uma bateria de 2.300 mAh. Vale lembrar que o tamanho da tela aumentou, a resolução também, e a bateria só cresceu 100 mAh. Veremos como a Motorola otimizou o Android 4.4.4 KitKat presente no novo Moto X com o Snapdragon 801, não só pelo quesito desempenho, mas pela autonomia de bateria.

A Motorola adicionou um modo de recarga rápida, para conseguir entregar 8 horas de funcionamento em apenas 15 minutos de recarga de bateria.

moto_x_camara

Outra melhora substancial do novo Moto X está na câmera. Passamos de um sensor de 10 megapixels para um de 13 megapixels, com melhoras também na abertura (f2.4 para f2.2). O flash LED agora é dual, e a gravação de vídeos em 4K está disponível.

O novo Moto X (ou Moto X de segunda geração) chega ao mercado internacional no dia 1 de outubro. No Brasil, ele está disponível a partir de hoje (5), nas versões preto, couro e bambu, com preço sugerido de R$ 1.499.

650_1000_moto_x__producto
650_1000_nuevo_moto_x-1

Moto X Front Dynamic