Hoje foi um grande dia para o Google, com o evento I/O, onde muitas novidades sobre seus produtos e serviços foram revelados. Neste post, vamos contar três dessas novidades que consideramos interessantes. Começamos pelo Google Music.

Os planos do Google com esse serviço são ambiciosos, com tensas negociações do pessoal do Mountain View com as gravadoras. Segundo Jamie Rosenberg, chefe de produto do Android, “um grupo de grandes gravadoras não estão tão centradas em uma visão de futuro, e se fecham em padrões de negócios não mais sustentáveis”. Desse modo, o Google tinha duas opções: esperar acordos mais sólidos, ou lançar o Google Music com as parcerias que já estavam fechadas. Eles escolheram a segunda opção, e lançaram um serviço com 20 mil músicas gratuitas para os usuários de smartphones ou tabletd Android.

O nome oficial do Google Music é “Music Beta by Google”, e tem uma aparência bem simples, com informações sobre artistas, álbuns e fácil acesso às playlists, que podem ser criadas manualmente ou via Instant Mix. O serviço está disponível apenas para os usuários dos Estados Unidos nessa primeira fase.

Na sequência, temos o anúncio que o Android Market vai começar a oferecer o seu próprio serviço de aluguel de filmes via streaming, com centenas de títulos disponíveis (para os usuários norte-americanos neste estágio inicial), com um preço inicial de US$ 1,99 para vídeos em SD, e US$ 4,99 para filmes em HD. O funcionamento será semelhante ao que temos em outras plataformas, permitindo ter o filme em questão disponível na conta do usuário por 30 dias, por 24 horas a partir do momento que o usuário aperta o play pela primeira vez. Os títulos serão adquiridos através de seu cartão de crédito, e poderão ser adquiridos a partir de seu telefone, tablet ou pelo PC de sua casa.

O serviço está disponível em algumas semanas para dispositivos com Android 2.2 ou superior, e no caso dos tablets, o recurso estará disponível na versão 3.1 do Android. Pelo PC, ele será parte do YouTube, e terá as mesmas restrições de uso das demais plataformas (30 dias/24 horas).

Por fim, temos o anúncio oficial da existência do Android 3.1. A nova versão traz algumas pequenas, mas interessantes novidades para os usuários, como a possibilidade de mudar o tamanho dos widgets de acordo com a vontade do consumidor, e um novo suporte host para poder conectar diversos dispositivos USB (incluindo gamepads e microfones), além de recursos para transferências de documentos a partir de um pendrive/câmera direto para o tablet.

Ele também vai trazer a nova aplicação Movies, que citamos acima, além de atualizações de seus aplicativos mais importantes, incluindo um navegador mais rápido, com um melhorado menu de controle e maiores possibilidades de buscas nos contatos.

Sobre sua interface, também podemos notar algumas melhoras, como um funcionamento mais fluído, transições melhoradas, um inicializador de aplicativos com animação e comandos de teclas novos, tudo isso para oferecer ao usuário contornos refinados e um sistema mais eficiente.

A atualização do Android 3.1 estará disponível a partir de amanhã para o Motorola Xoom 3G dos EUA, sem datas anunciadas para os demais dispositivos.

via The Wall Street Journal (Google Music), Engadget (aluguel de filmes) e Android.com (Android 3.1)