new-york-wifi-spot

Existem mais de 11 mil cabines telefônicas na cidade de Nova York (EUA). A maior parte estão avariadas ou são muito velhas. 7 mil dessas cabines vão renascer das cinzas para formar uma extensa rede WiFi urbana, que será gratuita.

A cidade já estuda a alguns anos uma solução para essas cabines telefônicas. No começo de 2013, o então prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, lançou um concurso para encontrar um design que inspire as futuras cabines da cidade.

Depois de escolher o design vencedor, o próximo passo era elaborar um plano para colocar em prática essa nova rede. Para isso, o Departamento de Informação, Tecnologia e Telecomunicações da prefeitura iniciou uma nova rodada de consultas para receber propostas dos cidadãos. O objetivo agora é receber ideias práticas para estabelecer um plano de utilização. O prazo se encerra no próximo dia 30 de junho.

A ideia principal do projeto é criar 7 mil pontos de acesso, que vão oferecer internet gratuita e limitada, a uma distância de até 25 metros. O financiamento dessa rede se realizará através da publicidade que receberão as pessoas que vão se conectar à essa rede.

Por outro lado, a prefeitura de Nova York descobriu que as cabines telefônicas foram mais importantes do que o esperado, principalmente durante a passagem do furacão Sandy, já que foram os únicos telefones que permaneceram em funcionamento, pois não necessitavam de eletricidade adicional para operar. Por causa disso, os pontos WiFi manterão uma linha convencional de voz, para uso exclusivo de chamadas emergenciais.

Via NYC DoITT