Bom, a Apple fez o seu barulho ontem. Para evitar uma queda maior de suas ações, e para responder sobre os problemas do iPhone 4. Durante sua explanação, Steve Jobs citou suas concorrentes, dizendo que o problema de perda de sinal não é um problema exclusivo de seu novo smartphone. Agora, as concorrentes começam a responder suas declarações.

A Nokia disse em comunicado que:

“O design das antenas é um assunto complexo, que é uma das especialidades da Nokia de muitas décadas, e em alguns modelos de aparelho. A Nokia foi a pioneira em antenas internas; o Nokia 8810, lançado em 1998, foi o primeiro telefone comercial com esta característica. A Nokia investiu milhares de horas de trabalho em estudar o comportamento humano, incluindo como as pessoas seguram seus telefones na hora das chamadas, reprodução musical, navegação na internet, entre outros. Como se pode esperar de uma empresa voltada em conectar pessoas, priorizamos o desempenho da antena sobre seu desenho físico, e temos cuidado para analisar se algo entra em conflito.

De um modo geral, o desempenho de uma antena de um dispositivo móvel/telefone pode ser afetado se o usuário aperta o aparelho com força, dependendo de como ele o faça. Por isso, a Nokia desenvolve seus telefones para garantir um desempenho aceitável em todas as circunstâncias da vida real, como, por exemplo, quando o usuário tem o telefone nas mãos. A Nokia investiu milhares de horas de trabalho em estudar como as pessoas seguram seus telefones, e faz com que isso seja possível através do design de seus aparelhos, integrando antenas nas partes de baixo e superior do telefone, e mediante a cuidados seleção de materiais e seu uso no design mecânico”. (fonte)

Já a Research In Motion, fabricante dos modelos Blackberry, deu sua resposta pelos seus executivos, Mike Lazaridis e Jim Basille. E eles pegaram bem mais pesado:

“A tentativa da Apple para arrastar a RIM para uma derrocada provocada por eles mesmos é inaceitável. Os exemplos apresentados pela Apple com os produtos da RIM são tentativas deliberadas de distorcer a opinião pública sobre um problema de design de antena, que levou a Apple a uma difícil situação.

A RIM é uma líder global em design de antenas, e segue desenvolvendo produtos com uma eficiente e efetiva recepção de sinal durante 20 anos. Durante todo este tempo, a RIM descartou designs como esse que a Apple adotou no iPhone 4, e no seu lugar, desenvolveu produtos que evitavam que as chamadas fossem interrompidas, principalmente em regiões de baixa cobertura.

Uma coisa é certa: os clientes da RIM não vão precisar usar cases em seus Blackberrys para obterem um bom sinal. A Apple tomou algumas decisões em matéria de design, e agora, precisam assumir a responsabilidade disso, no lugar de arrastar a RIM e outros fabricantes para uma situação que só afeta à eles mesmos”. (fonte)

E podemos dizer deste já que esta briga só está começando…