Cada vez fica mais claro que a Nokia não é tão presente nos Estados Unidos como em outros mercados, mas ainda assim é uma notícia meio chata o fechamento de sua loja em Nova York. Esta decisão acompanha o fechamento da loja da Regent Street em Londres, e isso faz parte da estratégia da Nokia em aumentar a sua imagem em um país onde 90% das vendas de celulares acontecem através das operadoras. Por enquanto, a loja da Nokia em Chicago não encerrou suas atividades, e não tem previsão alguma se isso realmente vai acontecer por enquanto.

Fonte