Vai saber o que se passa na cabeça do pessoal da Redmond. Mas o fato é que, mesmo que a empresa (e isso queremos dizer Steve Ballmer) se vanglorie do dito sucesso do Windows 7, eles não conseguem matar de vez o Windows XP, que continua muito vivo e muito bem visto na sociedade, sendo ainda o sistema operacional presente na maioria dos PCs com Windows ao redor do mundo.

Por isso, a Computerworld informa que a Microsoft estenderá a vida do XP até o ano de 2020 e, desse modo, as empresas poderão comprar novos PCs e contar com a possibilidade de fazer o downgrade para o Windows XP ou Windows Vista, até que estas empresas estejam prontas (ou com coragem suficiente) para migrar para o Windows 7.

As empresas são bem receosas quanto a atualizarem seus sistemas, e este receio é justificável. Afinal, não só pela questão de confiabilidade, mas também pelo fato dos problemas e custos que o processo implica. E isso porque nem estamos mencionando a confusão mental que teremos em breve, com este suporte estendido, uma vez que a própria Microsoft já pensa no Windows 8.

Fonte