E a polêmica continua. O diretor técnico da Adobe, Kevin Lynch, não perdeu a oportunidade para afirmar em um evento em San Francisco, que a Adobe “vai se esforçar para desenvolver as melhores ferramentas para HTML5”. Quando perguntado sobre os conflitos entre Adobe, Apple e Microsoft, Kevin comento que “não se trata de uma guerra entre HTML5 e Flash, uma vez que as duas plataformas coexistiram durante uma década”. Lynch afirma que o problema está no fato de que o pessoal de Cupertino planeja forçar os desenvolvedores a programar de forma nativa no iPhone OS, e não em plataformas outras, como o Flash.

Por outro lada, a ARM é mais uma que entra na lista dos descontentes com o Flash, e culpa a Adobe pelo atraso no lançamento de netbooks e smartbooks com processador ARM. Segundo a ZDNet UK, Ian Drew, da ARM, afirmou que o Flash segue sem optimização para o ARM, e o por esse motivo, eles não conseguiram fabricar os produtos a tempo. Vale lembrar que a Adobe e a ARM fecharam um acordo no final de 2008 para o desenvolvimento do Flash 10.0 optimizado para o seu sistema. É, chapa esquentando para a Adobe. E por todos os lados.

Fonte

Fonte