Um anúncio importante de novos smartphones não pode ser feito sem se apresentar alguns números referentes às vendas dos produtos. E a Nokia aproveitou o evento de Nova York para revelar ao mundo alguns dados sobre as vendas dos modelos Lumia, algo que até então era “assunto proibido” na empresa de Espoo.

Segundo o fabricante, foram vendidos um total de 7 milhões de unidades em 54 países, em 130 operadoras diferentes. Esses números podem não ser lá muito elevados, mas parecem seguir uma tendência de crescimento nos últimos meses, se comparado aos 4 milhões de unidades vendidas no segundo trimestre de 2012. Isso significa que a aventura da Nokia com o Windows Phone mal começou? Não sei…

Descobriremos isso em breve. Para muitos, o Windows Phone “estreou agora”, uma vez que o Windows Phone 8 coloca a Microsoft em pé de igualdade com os principais concorrentes do mercado em termos de recursos e especificações consideradas “básicas” para entrar na disputa dos modelos mais avançados. Além disso, a Nokia é apenas a segunda fabricante a apresentar um produto com o novo sistema (a primeira foi a Samsung), ou seja, larga na frente na disputa dessa vez. Além disso, os diferenciais que os seus smartphones apresentam (principalmente nos recursos de câmera) podem ser decisivos para que a Nokia aumente o volume de vendas.

Mas isso, só o tempo dirá.

Via TechCrunch