Onde há fumaça, há fogo. E a Nokia tratou rapidamente de apagar alguns incêndios. Depois de ter uma vaga de emprego divulgada, onde buscava um especialista em Linux para “novos produtos empolgantes” levantaram rumores e especulações de todas as espécies, sobre a possibilidade de um lançamento da fabricante finlandesa com o sistema operacional Android. Mas, na verdade, a história não é bem essa.

O chefe de relacionamento com a imprensa da Nokia, Doug Dawson, declarou em sua conta do Twitter qual o real motivo para essa oferta de emprego, jogando um balde de água fria naqueles que estavam esperançosos em ver um smartphone com o sistema do Google. Dawson disse com todas as letras que a nova vaga é destinado ao desenvolvimento de um dos seus mais recentes serviços, mais especificamente, o HERE Maps.

Doug disse: “nossa recente vaga de emprego publicada está relacionada ao serviço do HERE Maps para outras plataformas, incluindo o iOS e Android”. Ou seja, a ideia da Nokia é mesmo tornar o HERE Maps um rival em potencial do Google Maps, sendo o mais compatível possível com as plataformas concorrentes ao Windows Phone, e atuando como uma alternativa independente do desenvolvimento do sistema operacional da Microsoft.

O HERE Maps estreou no mês passado, e chega como concorrente direto do Google Maps e Bing Maps, contando com a tecnologia NAVTEQ para navegação. Aliás, o NAVTEQ já estava presente no Nokia Maps do Windows Phone, mas com a estreia do HERE Maps, a ideia é que ele esteja presente em outras plataformas.

O aplicativo para iOS do HERE Maps divide opiniões. Com uma interface de usuário diferente do padrão adotado pelo sistema móvel da Apple, o aplicativo foi muito criticado pelos erros de navegação, e uma experiência de uso não-usual. Ou seja, a Nokia tem muito a trabalhar nesse aspecto.

Via BGR.com