O segundo smartphone anunciado pela Nokia na Mobile World Congress 2013 é o Nokia Lumia 720. E, se você espera que ele seja um modelo intermediário entre os recém lançados no Brasil Lumia 620 e Lumia 820, você acertou… em partes.

Nós falamos na ocasião do lançamento dos novos modelos Lumia com Windows Phone 8 que a melhor relação custo/benefício poderia ser o Lumia 620, por causa  do seu preço reduzido, e que o Lumia 820, que não era um modelo ruim, era considerado um pouco elevado para a sua proposta. Pois bem, a Nokia decidiu faclitar as coisas, lançando um modelo com configurações semelhantes ao 820, mas com preço mais acessível.

O novo smartphone conta com carcaça de policarbonato, espessura de 9 mm e tela de 4.3 polegadas (800 x 480) com tecnologia ClearBlack (no Lumia 820, nós temos uma tela com resolução de 800 x 480, mas com AMOLED ClearBlack), além de 512 MB de RAM, processador Snapdragon dual-core de 1 GHz, bateria de 2.000 mAh, 8 GB de armazenamento interno, NFC de série (permitindo que o recurso de recarga de bateria sem fio seja um opcional) e 128 gramas de peso.

Outro importante destaque do Nokia Lumia 720 está na sua câmera traseira, que possui 6.7 megapixels e uma ótica de f/1.9 com lentes Carl Zeiss. Ela foi oficialmente desenvolvida para capturar a maior quantidade de luz possível, uma vez que a Nokia pretende vender este modelo para um público mais jovem, que frequenta festas que normalmente acontecem a noite. Curiosamente (ou não, considerando restante do seu hardware), só podemos capturar vídeos a 720p.

A câmera dianteira é, pelo menos no papel, superior à aquela presente no Lumia 820, uma vez que pode registrar fotos panorâmicas a 1.3 MP. Os dois sensores se beneficiam de um aplicativo especial disponível na seção “mods” na câmera do Windows Phone. Se chama Glam Me, e permite editar as imagens saturando as cores, deixando os olhos maiores e branqueando os dentes. Ou seja, podemos nos preparar para alguns desastres de fotos nos Tumblr (não no Instagram, pois ele ainda não chegou ao Windows Phone).

Como já era previsto, a Nokia seguirá com a estratégia adotada com o antigo Lumia 701, de modo que o 720 ficará focado principalmente para os mercados emergentes. Inicialmente, ele será comercializado exclusivamente em Hong Kong, Cingapura e Vietnã durante o restante desse primeiro trimestre de 2013, antes de seguir a sua rota de lançamento na Europa, Ásia e África, durante o segundo trimestre de 2013. Seu peço sugerido é de 249 euros.