A Nokia segue apostando nos celulares de entrada (ou featurephones), que atendem bem as necessidades dos usuários que não estão dispostos a pagar rios de dinheiro em um smartphone. Dois novos modelos da popular linha Asha são apresentados. Os modelos Asha 205 e Asha 206 são anunciados a tempo para participarem do cobiçado período de vendas de Natal (não sabemos se esses modelos chegarão no Brasil ainda nesse final de ano), mas mesmo sendo modelos diferentes, eles oferecem algo em comum. A nova tecnologia de transferência de arquivos Slam.

Começamos pelo Asha 206 (modelo da esquerda), que conta com um design clássico, lembrando os modelos da fabricante finlandesa do passado (como o bem sucedido Nokia 1100). Possui uma tela de 2.4 polegadas (320 x 240), um teclado numérico com teclas de tamanho generoso e alguns botões básicos de controle. O telefone conta com o sistema Series 40, câmera traseira de 1.3 MP, slot para cartões microSD de até 32 GB, Bluetooth 2.1 + EDR e uma bateria com uma autonomia prometida de até 20 horas de conversação, e até 47 dias em standby.

Pesando 91 gramas, o Asha 206 possui uma espessura de 12.44 mm, e pode ser adquirido em uma versão com dois slots para chips SIM, com as mesmas especificações, exceto pela autonomia de bateria, que é de 25 dias em standby. Disponível nas cores azul, preto, rosa, amarelo e branco, e estará nas lojas internacionais nas próximas semanas, com um preço sugerido de US$ 62. Abaixo, vídeo de apresentação do telefone.

Já o Nokia Asha 205 não é bem uma “estreia”, e sim, um retorno ao catálogo. O modelo com Series 40 chega como modelo voltado para os fãs das redes sociais, por contar com teclado QWERTY físico e sua própria tecla para acesso rápido ao Facebook. Também conta com uma tela de 2.4 polegadas, câmera traseira com resolução VGA, slot para cartões microSD de até 32 GB, e também vai ter com uma versão com slot dual chip SIM, que também possui a sua autonomia de bateria reduzida.

Por falar na sua bateria, o Asha 205 possui uma autonomia de uso de até 11 horas de conversação, e até 37 dias em modo standby. O modelo possui uma espessura de 13 mm, e peso de 94 gramas. Seu preço é semelhante ao do Asha 206, com opções de cores rosa, azul e laranja.

A novidade mais destacada desses lançamentos está em uma nova tecnologia desenvolvida pela Nokia, a Slam, que permite a troca de arquivos entre os telefones, através de uma conexão Bluetooth, sem ter que fazer um emparelhamento prévio, e sem a necessidade que o dispositivo receptor sequer tenha o Slam instalado, ou até mesmo que seja um smartphone da Nokia.

Por fim, por ser um modelo “social”, o Nokia Asha 205 já chega com 40 jogos da EA para instalação, e aplicativos do Twitter, Facebook e eBuddy pré-instalados. Abaixo, vídeo de apresentação do telefone.