O aplicativo de mapas da Nokia, o Nokia Here, foi lançado oficialmente para os dispositivo compatíveis com a plataforma iOS (iPhone, iPad e iPod Touch). Não faz muito tempo que divulgamos aqui no blog que a empresa finlandesa estava preparando a sua solução de mapas para as plataformas móveis mais populares do mercado, e o lançamento em uma delas (coincidentemente aquela que o Google não está presente) aconteceu antes do que muitos esperavam.

O Nokia Here oferece aos dispositivos iOS a renovada solução de mapas da Navteq, além de representar mais um duro golpe ao Google Maps, que continua de fora de uma das plataformas mais utilizadas do mercado mobile. Entre as vantagens que o Nokia Here oferece, está o cache offline de mapas. O usuário pode fazer a pesquisa em um trajeto a ser percorrido, fazer o download desses mapas, e depois, fazer a navegação apenas com o GPS ligado, dispensando assim o uso das redes de dados, representando uma navegação mais ágil e uma maior economia no pacote de dados móveis.

Além disso, o Nokia Here conta com pontos de interesses com reviews da Lonely Planet, integração de links do Qype e outros serviços integrados. O serviço também conta com recursos de navegação para motoristas e pedestres, além de rotas de transportes públicos. É claro que alguns desses recursos não estão disponíveis para os usuários brasileiros nesse primeiro momento, mas é bom saber que temos uma alternativa aos serviços atuais. E melhor. De graça.

Para fazer o download do Nokia Here (compatível com o iOS 4.3 ou superior) para iPhone, iPad e iPod Touch, acesse a página de download no iTunes.

AUTALIZADO em 20/11/2012, 12h28: o Nokia Here mal foi lançado, e ele já está destruindo recordes na Apple App Store. Em apenas 15 minutos, ele saltou da posição #101 na lista dos mais baixados da loja de aplicativos da Apple para a posição #32. Como temos uma adoção de mais de 60% de usuários com o iOS 6.0.x (que foram obrigados a conviver com o Apple Maps até a data de hoje), é natural que a adoção do Nokia Here tenha sido mais rápida que a imaginada.

Em breve, passarei as primeiras impressões sobre o software no uso diário com o iPhone (com iOS 5.1.1, pois não queria perder o Google Maps).