Nokia (NYSE: NOK) e Microsoft (NASDAQ: MSFT) anunciam hoje que assinaram o acordo definitivo que resultará em um novo ecossistema global, utilizando os recursos complementares das duas empresas. Finalizado antes do prazo, o acordo definitivo está alinhado com o anúncio conjunto feito em 11 de fevereiro.
 
Além de acordar os termos da parceria, incluindo as contribuições para o desenvolvimento do novo ecossistema, Nokia e Microsoft também anunciaram progresso no desenvolvimento dos primeiros produtos Nokia que incorporam Windows Phone. Com centenas de pessoas já envolvidas nos esforços de engenharia, as empresas estão criando conjuntamente um portfólio de novos produtos Nokia. A Nokia também já começou a trazer as aplicações  e serviços-chave para operação no Windows Phone e, conjuntamente, foi iniciada a busca por desenvolvedores.
 
“No mais alto nível, entramos em uma parceria em que todos ganham”, diz Stephen Elop, presidente e CEO da Nokia. “A natureza complementar de nossos recursos e a natureza competitiva dessa combinação são as fortalezas de nossa relação”,
 
“Nosso acordo é bom para a indústria”, afirma Steve Ballmer, CEO da Microsoft. “Juntas, Nokia e Microsoft inovarão rapidamente e proverão oportunidades para consumidores e parceiros compartilharem o sucesso de nosso ecossistema”.
 
O relacionamento é composto por quatro grandes áreas:
 
1. Uma combinação de características complementares, que tornam essa parceria realmente única, incluindo:
– A entrega da Nokia de soluções de mapas, navegação e certos serviços LBS (baseados em localização) para o ecossistema do Windows Phone. A Nokia irá levar inovação para o topo da plataforma Windows Phone em áreas como imagem, enquanto contribui com expertise em design de hardware e suporte a idiomas, além de auxiliar no desenvolvimento da plataforma WP. A Microsoft irá fornecer os serviços de busca do Bing em todos os produtos da Nokia, assim como colaborar na produtividade, publicidade, jogos, mídias sociais e uma variedade de outros serviços. A combinação de navegação com publicidade e busca irá habilitar uma melhor monetização da funcionalidade de navegação da Nokia e criar formas completamente novas de faturamento por publicidade.
– Desenvolvimento de alcance em comum e fornecimento de aplicações para sustentar a criação de aplicativos locais e globais, incluindo a entrada gratuita de todos os desenvolvedores Nokia para registrarem-se no sistema de desenvolvimento do Windows Phone,
– Abertura de uma nova loja de aplicativos da Nokia global, que alavanque a estrutura do Windows Marketplace. Os desenvolvedores poderão publicar e distribuir seus conteúdos por meio de um portal de desenvolvimento unificado, para centenas de milhões de consumidores que usem Windows Phone, Symbian e S40.
– Contribuição da Nokia, com seu expertise, na cobrança via operadoras, para garantir que os participantes do ecossistema do Windows Phone possam ter as vantagens dos acordos de cobrança da Nokia com 112 operadoras em 36 mercados.
 
2. A Microsoft irá receber os royalties inicial pela Nokia para a plataforma do Windows Phone, a ser iniciada quando os primeiros produtos da Nokia com WP serem despachados. Os pagamentos são competitivos e refletem o grande volume de produtos que a Nokia pretende despachar, assim como uma outra variedades de considerações relacionadas com o trabalho de engenharia, com as duas empresas comprometidas. A plataforma Windows Phone nos produtos Nokia irá permitir uma redução significativa de custos com operação.
 
3. Em reconhecimento à natureza única do acordo da Nokia com a Microsoft e das contribuições que a Nokia está oferecendo, a Nokia irá receber pagamentos mensurados em bilhões de dólares.
 
4. Um acordo que reconhece o valor da propriedade intelectual e coloca em questão mecanismos para troca de direitos de propriedade intelectual. A Nokia irá receber pagamentos substanciais com o anúncio.
 
Com o acordo definitivo agora assinado, as companhias começarão o trabalho com operadoras, desenvolvedores e outros parceiros para auxiliar a indústria a captar os benefícios de unirem-se a esse ecossistema. Ao mesmo tempo, o trabalho de desenvolvimento dos produtos Nokia com Windows Phone continua, com o objetivo de garantir o envio desse volume em 2012. O comprometimento mútuo de ambas as empresas é significativo, com a intenção de criar um novo ecossistema baseado nesta parceria estratégica de longo prazo.

via assessoria de imprensa