No ano passado, a Nokia, aquela mesma empresa que já tinha o Symbian e o MeeGo, e matou o Maemo, estava desenvolvendo o projeto Meltemi, que basicamente era um sistema operacional leve e simples, para rodar nos seus aparelhos de entrada. Porém, hoje (26), a mesma Nokia anunciou que o projeto foi cancelado por “corte de custos”.

Quem informa é a Reuters, através de um comunicado da empresa finlandesa. Nos seus planos, a Nokia tinha como objetivo principal utilizar o Meltemi em telefones na faixa de preço entre US$ 100 e US$ 200, que é o mercado onde a Nokia ainda é dominante em vários mercados ao redor do planeta. O Meltemi nunca foi confirmado pela Nokia até hoje, e a empresa nega a existência do projeto de forma oficial. ;Porém, as fontes da Reuters (não identificadas) são de dentro da empresa, e confirmam o fim do projeto.

Por incrível que pareça, a decisão da Nokia de momento é acertada, mas na prática, eles só corrigem um grande erro do passado. Perder dinheiro e tempo da forma como a Nokia perdeu, insistindo em opções alternativas de sistemas operacionais, ao mesmo tempo que fecha uma parceria próxima com a Microsoft? Olha… antes seria melhor insistir no S40 Series mesmo, que já era deles.

Via Reuters