O Nokia 8 oferece um par de câmeras traseiras de 13 MP (uma capturandoe em colorido com estabilização ótica e a outra capturando imagens em monocromático), e mais uma câmera frontal de 13 MP. Todo o conjunto ótico foi desenvolvido em conjunto com a ZEISS.

Estas são as suas configurações:

 

– Câmera traseira colorida: sensor (provavelmente um Sony IMX258) de 13 MP, com pixels de 1.12 mícrons, tamanho de sensor 1/3.06″, estabilização ótica e lente f/2.0.

– Câmera traseira monocromática: o mesmo sensor, mas sem estabilização ótica e lente f/2.0.

– Câmera frontal: mesmo sensor, com foco automático e lente f/2.0.

 

Os sensores monocromático e colorido trabalham juntos para um maior nível de detalhes em fotos com condições de pouca luz. Isso é possível com a ajuda de um “algoritmo avançado de fusão de imagem”.

A combinação dos dois sensores também permite à Nokia produzir o efeito bokeh ao vivo, ajustando o grau de desfoque do fundo da imagem para que a pessoa em primeiro plano fica ressaltada.

 

 

O Nokia 8 inaugura um novo termo chamado Bothie, que faz com que o smartphone registre fotos e vídeos com as câmeras traseira e frontal ao mesmo tempo, criando assim imagens e vídeos.

Você pode enviar suas bothies direto para o YouTube e Facebook, com a funcionalidade Dual-sight, que permite a interação no Facebook sem abandonar o aplicativo de câmera.

Por fim, vale uma menção especial para a câmera frontal, que é uma das poucas com foco automático. O nível de detalhes capturados pelo sensor de 13 MP deve estar acima do que outras câmeras, de modo que deve agradar os amantes de selfies.