nokia 3310

 

Em 2000, a Nokia lançou aquele que pode ser o celular mais famoso de sua história. A então líder absoluta do mercado mobile apresentou o Nokia 3310, uma evolução do Nokia 3210, que alimentou a nostalgia de muita gente.

17 anos depois, em 26 de fevereiro de 2017, em um mundo dominado pelos smartphones Android, a Nokia apresentou uma nova versão do Nokia 3310, em um modelo renovado no exterior e no interior.

 

 

17 anos depois

 

 

Vivemos rodeados de smartphones. Foram mais de 1.5 bilhão de telefones inteligentes vendidos em 2016, e os números não param de crescer. Os celulares “feature phones” ainda existem, mas dificilmente os encontramos nas mãos dos usuários.

Porem, a Nokia lançou a carta da nostalgia no Nokia 3310. É quase uma mágica. Ainda que as mudanças externas não sejam muito acentuada, mantendo a essência do produto, no seu interior ele foi atualizado, para fazer chamadas, mandar mensagens e tirar umas fotos.

Sua tela monocromática de cinco linhas foi substituída por uma tela LCD QVGA de 2.4 polegadas, para ver fotos e jogar o Snake, que está confirmado no Nokia 3310 de 2017.

O novo modelo passa a contar com uma câmera de 2 MP, slot para cartões microSD de 32 GB e o sistema operacional Nokia 30+, com o navegador Opera Mini. Já é alguma coisa, mas nada de Chrome, WhatsApp ou derivados.

Também conta com rádio FM, Bluetooth 3.0 e peso de apenas 79.6 gramas. A tela também conta com uma capa polarizada para facilitar a sua visualização em ambientes externos. Ah, e tem conector para fones de 3.5 mm #ChupaiPhone7Modinha.

 

Toda cor…

 

 

O novo Nokia 3310 está cheio de cores, sendo que o cinza é o que mais se aproxima do modelo clássico. É um celular um pouco menor, um pouco mais fino e mais arredondado.

Será também indestrutível? Só os primeiros testes poderão responder isso.

A melhor parte é que esse celular custa apenas 49 anos. Quase nada para um telefone que tem autonomia de bateria prometida de até um dia de conversação e quase um mês de standby.

A Nokia conseguiu atrair os holofotes com um celular simples do passado. Os novos Nokia 3, Nokia 5 e Nokia 5 terão missão complicada para se estabelecer no mercado, mas o Nokia 3310 parece ter se saído bem após esse rejuvenescimento de 17 anos.

Ao menos ele serve para que todos digam: bem-vinda de volta, Nokia.