O Nintendo Wii U foi anunciado no ano passado, e não foram muitas novidades reveladas desde então. Mas o rumor a seguir interessa e muito ao consumidor: seu preço máximo será de US$ 400. Na verdade, é estimado na faixa dos US$ 350.

Antes, as especulações sobre o preço do novo console da Nintendo rondavam entre US$ 500 e US$ 600, e cá para nós, caso o Wii U fosse lançado nesse preço, era a assinatura de fracasso para o novo produto. Poucas pessoas iriam apostar em um console que tem poucos títulos, com uma proposta que ainda precisa se provar atraente, e sendo duas vezes mais caro que os seus principais concorrentes.

Porém, um novo dato que vem de um dos vendedores responsáveis pela distribuição do console revelou que o Wii U não vai custar mais que 250 libras (ou algo como US$ 380, pela taxa de câmbio do momento). Quem informa os valores é o site Wii U Release.

Vale lembrar que o Nintendo Wii, quando foi lançado, teve um preço sugerido de US$ 250, e esse foi um dos principais motivos para ser um sucesso imediato de vendas (fora o fato que o console reinventou a forma como as pessoas jogam videogames, com os sensores de movimento). No mundo da tecnologia, e em um momento de crise mundial, o preço ainda é um detalhe muito relevante, independente do segmento. E aumentar o valor do produto não é algo que os fãs da Nintendo desejam. Principalmente se levarmos em conta que as chances de uma nova geração de consoles PlayStation e Xbox ser apresentada nos próximos 12 meses aumentar a cada semana.

O grande problema do Wii U no quesito preço está na sua tela sensível ao toque integrada ao controle. Na prática, quando o usuário compra o Wii U, compra dois produtos: o console em si e um controle de alta tecnologia, que é praticament eum tablet. O grande desafio da Nintendo é fazer o “dois por um” ter um preço competitivo.

Via Wii U Release