Nintendo 64

Hoje, 23 de junho, se comemora 20 anos do lançamento oficial do Nintendo 64, um console que foi uma grande surpresa da Nintendo, já que nadou contra a corrente em várias frentes, chegando a ser considerado no começo como uma “raridade”. No final, foi um grande sucesso.

Fato é que o receito inicial é compreensível, uma vez que esse console seguia utilizando os cartuchos para seus jogos, algo que limitou consideravelmente o uso de música e cinemáticas de alta qualidade, algo que pode ser notado em jogos como Resident Evil 2.

 

Nintendo 64 corrigiu seus erros e iniciou tendência

Porém, por conta de diferentes técnicas de compressão e a grande potência de hardware do Nintendo 64, combinados com o posterior lançamento do cartucho de expansão de RAM, foi possível compensar os pontos negativos do formato, abrindo as portas para jogos de grande qualidade, como por exemplo Mario 64, Zelda: Ocarine of Time e Perfect Dark.

Mas além dos jogos, também merece menção especial o seu controle, que contava com um design único, um stick analógico que oferecia uma precisão fantástica nos jogos, além de suportar acessórios com efeitos de vibração. Foi daí que a Sony tirou inspiração para o DualShock, versão do controle do PSOne que contava dois sticks analógicos e efeitos de vibração. Ou seja, o Nintendo 64 assentou as bases da interação que hoje seguimos utilizando em todas as plataformas disponíveis no mercado.

A seguir, um vídeo que mostra 100 jogos para o console em 10 minutos.