Quando o primeiro Nexus 7 foi anunciado, todos ficaram impressionados com o conjunto de hardware e software oferecido pela dupla Google/ASUS, e o tablet foi muito bem recebido pelos consumidores e especialistas de tecnologia. Muitos imaginavam que ele seria um sucesso de vendas, mas não um verdadeiro best seller como se tornou. E a notícia desse post ratifica isso. Executivos da ASUS informaram hoje que a empresa alcançou a marca de 1 milhão de unidades vendidas por mês do tablet do Google.

Não, você não leu errado. Um milhão de unidades vendidas por mês do tablet Nexus 7.

O chefe financeiro da Asus, David Chang, deu uma entrevista ao Wall Street Journal, e disse com todas as letra que: “no seu lançamento, o Nexus 7 contava com uma marca média de vendas de 500 mil unidades por mês. Depois, esse número subiu para 600 mil e 700 mil unidades nos meses subsequentes, e no mês passado, a marca ficou próxima a 1 milhão de unidades.”

Vamos esquecer por dois minutos que o iPad existe, ou vamos nos restringir ao mundo Android nesse momento, ok? Com esses números de venda, e principalmente, com essa taxa de crescimento de vendas, podemos afirmar que o Nexus 7 está se tornando rapidamente o tablet com sistema Android mais bem sucedido da história (excluindo dessa lista o Kindle Fire da Amazon, uma vez que o Google não considera esse produto um legítimo tablet com Android). E esses valores só devem aumentar, uma vez que o Google decidiu reduzir o preço do Nexus 7 WiFi de 16 GB, e anunciou o lançamento do modelo Nexus 7 com 32 GB e conectividade 3G, que por sinal, é US$ 50 mais barato que o seu principal concorrente, o iPad Mini (com 16 GB e WiFi).

De quebra, o Google aposta em um crescimento nos seus lucros através das vendas do Nexus 10, fabricado em parceria com a Samsung. Seguindo a mesma estratégia do Nexus 7, a gigante de buscas de Mountain View colocou no mercado um tablet com tela maior, com mais recursos que os adversários, e em tempo para ser comercializado durante o momento mais esperado pelo mercado: as vendas de final de ano.

A competição entre Apple e Google será cada vez mais acirrada nos próximos meses, e a batalha entre as duas gigantes está aberta e declarada. Quem ganha é o consumidor, e a escolha sobre o produto a ser adquirido, no final das contas, é sua. Resta saber quando esses novos produtos (iPad Mini, Nexus 7 – não importa a versão – e Nexus 10) chegarão ao Brasil. Estamos na espera (quase eterna).

Via WSJ.com, Android Central