Netflix-Emmys

House of Cards, uma das séries da Netflix que foi criada exclusivamente para estar disponível através do seu serviço de streaming de vídeos, encerrou o Emmy Awards 2013 com três prêmios, entrando para a história como a primeira série online a vencer um prêmio em um evento para as melhores produções da TV dos Estados Unidos.

David Fincher venceu a categoria Melhor Direção em Série Dramática, pelo piloto de House of Cards (Chapter 1), e a série venceu dois prêmios criativos do Emmys (Creative Arts), como Melhor Elenco de Série Dramática, e Melhor Fotografia em Série Dramática. A produção foi indicada em outras seis categorias, incluindo Melhor Série Dramática e Melhor Ator em Série Dramática, com Kevin Spacey.

Esse pode ser o início de uma nova fase para a produção de conteúdos televisivos. A Netflix tem planos de lançar, pelo menos, cinco séries originais por ano, a partir de 2014. E eles não se envergonham em anunciar planos ambiciosos: “queremos nos transformar em HBO mais rápido que a HBO possa se transformar na gente”.

Esses prêmios para séries feitas exclusivamente para a internet pode alterar de forma decisiva a produção e lançamento das séries televisivas. Pode não acontecer de forma imediata, mas a longo prazo, poderemos ver os canais tradicionais de TV investindo esforços para as produções de internet, e como consequência, os usuários pagando pelo “canal”, online, ou na pior das hipóteses, pagando para assistir as séries que ele mais gosta.

Enquanto ainda vivemos um modelo de negócios tradicional, onde pagamos pelos pacotes de canais, é inegável afirmar que o potencial para um futuro mais flexível e específico dentro das plataformas online é enorme. A prova disso é que, mesmo sem um formato de negócios definido, já temos muitas pessoas que migraram da TV para o consumo de programas de TV online, sem sentir a menor falta do formato tradicional de TV.

Via The Verge