A Netflix chegou oficialmente no Brasil. O serviço de streaming de séries e filmes online chega ao país com a aposta que o brasileiro vai aderir à ideia de assinatura mensal de um serviço que promete ser simples, rápido, com grande nível de compatibilidade e com preços competitivos. O serviço foi apresentado de forma oficial em um evento realizado hoje (05/09), em São Paulo, que contou com a presença de Reed Hastings, co-fundador e CEO da Netflix, que explicou alguns detalhes da estratégia da empresa no país.

O primeiro grande trunfo do Netflix é o seu preço. A assinatura mensal do serviço está no valor de R$ 14,99, com o primeiro mês totalmente grátis, com consumo ilimitado. Ou seja, você pode assistir quantos vídeos você quiser dentro do mês, quantas vezes você quiser. Com isso, os usuários poderão contar com um serviço de streaming de filmes e séries 24 horas, com a praticidade de poder acessar o conteúdo pelo computador, console de videogame, set-top box, media center e, futuramente, tables e smartphones. Basta uma única conta para você ter acesso ao conteúdo em vários dispositivos compatíveis.

Reed declarou que a chegada do Netflix ao Brasil é um dos maiores investimentos da história da empresa, e que esse investimento será gradativo, de acordo com a demanda dos usuários brasileiros que, segundo o próprio Reed, são os que mais consomem vídeos online no mundo. A Netflix também aposta que a qualidade de tráfego da internet no Brasil melhore gradativamente nos próximos anos, para assim oferecer um serviço de boa qualidade.

Por enquanto, a Netflix conta com um portfólio de filmes e séries bem reduzido. Os filmes mais novos e produções dos estúdios Warner Bros não estão presentes na Netflix brasileira (pelo menos, por enquanto; há um acordo fechado para a América Latina), mas já é possível encontrar um bom conteúdo por lá. Na parte de filmes, títulos clássicos como Curtindo a Vida Adoidado, Ghandhi, Os Intocáveis, Ensina-me a Viver e O Poderoso Chefão podem ser encontrados entre os disponíveis.

Entre as séries, algumas das mais badaladas e/ou em alta rotação no momento estão disponíveis em temporadas parciais: The Office, TopGear, Grey’s Anatomy, Community, Castle, United States of Tara, Mad Men, entre outras. Algumas produções possuem opções de legenda e áudio originais, enquanto que outras só contam com a opção dublada. A expectativa é que a variedade de opções aumente com o passar do tempo.

Sobre o seu funcionamento, o Netflix funciona com o Silverlight da Microsoft, e segundo seus executivos, ele exige uma banda mínima de 1 Mbps, e seu sistema vai se ajustar de acordo com a velocidade detectada. Ou seja, quanto maior a velocidade, melhor será a qualidade de imagem. Na demonstração feita na coletiva de imprensa, a qualidade de imagem foi bem satisfatória.

Para os usuários de outros periféricos, como smartphones e consoles de videogames, a espera pode ser um pouco maior. No caso dos consoles, apenas o PlayStation 3, PlayStation 2 e Nintendo Wii já contam com disponibilidade imediata de operarem com o Netflix. O console Xbox 360 tem previsão de inclusão do serviço no Brasil a partir do mês de outubro, enquanto que o Nintendo 3DS só deve receber o serviço em 2012. Para os smartphones, os dispositivos iOS (iPhone, iPod Touch e iPad) receberão suporte ao serviço a partir do mês de outubro, e os usuários de smartphones e tablets Android contarão com o serviço a partir do mês de novembro.

Alguns modelos de TVs da Samsung e LG, além dos aparelhos de Blu-ray conectados à internet também serão compatíveis com o serviço em breve. O serviço também vai permitir a seleção de filmes independentes, novelas, programação infantil, entre outros conteúdos. Os estúdios que vão fornecer conteúdo de filmes e séries para a Netflix Brasil são: Paramount Pictures, Sony Pictures Television, NBCUniversal International Television, TV Bandeirantes, ABC Television, CBS Television, Dorimedia, MGM, Lionsgate, Summit, Miramax, Relativity, BBC Worldwide, Televisa, Telemundo, TV Azteca, Caracol, Telefe, Disney, entre outros. A Netflix espera duplicar as horas de conteúdo disponível na versão brasileira até o final de 2011.

Para saber mais sobre o serviço (e fazer a sua assinatura), basta acessar o endereço: http://www.netflix.com.