OLED

A Apple já se antecipa, e compartilha com os futuros compradores do iPhone X os possíveis problemas que o dispositivo pode ter com a sua tela OLED.

Antes de chegar ao mercado, quem estava testando o iPhone X já relatava problemas com sua tela, onde após um uso intenso apareciam imagens fantasmas e perda de qualidade de algumas coisas.

Agora, a página de suporte da Apple explica que a empresa está ciente do problema, e que este é um expediente considerado normal nas telas OLED.

Olhando para a tela com ângulos diferentes, é possível perceber leves alterações de cor e tonalidade. É uma característica da tecnologia OLED, resultando em um comportamento esperado.

Em um uso mais longo, as telas OLED podem apresentar leves alterações visuais, com persistência de imagem e vestígios de uma imagem previamente exibida, mesmo após a mudança por uma imagem nova.

Logo, para a Apple, não existe forma de contornar o problema. Reforça também que o efeito de “imagem queimada” acontece apenas em situações de uso permanente de imagens de alto contraste.

A tela Super Retina foi concebida para ser a melhor do mercado na redução desses efeitos, e se a tela realmente der problema, ela vai custar US$ 310 para a sua substituição. A garantia da Apple vai tratar desse problema durante dois anos, cobrindo a substituição da tela. Depois disso, a manutenção fica por conta e risco dos usuários.

 

Via Apple InsiderApple