apple-iphone-5s-touchid-authentication

Eu sei. Essa pergunta pode parecer estúpida e absurda, porém, entendemos que poderia ser interessante de ser divulgada. Principalmente para aqueles que fizeram a tal piadinha (sem graça) do “agora os bandidos vão brincar de Jogos Mortais quando forem roubar o seu iPhone”. Por isso, vale o post.

O Touch ID é, sem sombra de dúvida, a grande novidade do iPhone 5s. Nem mesmo um processador de 64 bits conseguiu ofuscar o identificador biométrico do novo smartphone da Apple. Com o Touch ID, o proprietário do smartphone possui uma maior segurança com o dispositivo, uma vez que é possível desbloquear o telefone e realizar compras (por enquanto, apenas na Apple App Store) sem a utilização de senhas, apenas utilizando o sensor biométrico integrado ao botão Home.

Na teoria, o sistema é totalmente seguro, uma vez que não existem duas digitais iguais. Porém, a pergunta (que pode soar até macabra, porém, intrigante) persiste: seria possível alguém conseguir desbloquear o iPhone 5s utilizando o dedo arrancado do próprio usuário?

A tal pergunta surgiu em um dos comentários do site Mashable, que também menciona o bizarro caso do roubo de um carro Mercedes, que possui um sistema de ignição biométrica, com o veículo sendo acionado através do dedo arrancado do antigo proprietário/vítima. É amigo… a pergunta, que antes era absurda, é uma possibilidade mais real do que você imagina.

O Mashable então decidiu entrar em contato com especialistas em segurança biométrica, que trazem boas notícias para aqueles que não querem ter esse item em comum com o ex-presidente Lula: a tecnologia de identificação biométrica via RF – ou radiofrequência (que é a tecnologia adotada pela Apple para o Touch ID) precisa de um dedo humano vivo para desbloquear o equipamento.

O iPhone 5s se vale da radiofrequência para “ler” as capas da pele, que necessita dar sinais que está viva para ser identificada. O tecido de uma pele morta não é capaz de transmitir as informações necessárias para a identificação da digital, o que torna inviável a sua leitura para desbloqueio.

Moral da história: se algum ladrão algum dia ameaçar arrancar o seu dedo na hora de roubar o seu novo iPhone 5s (esperamos que isso não aconteça), você simplesmente pode dizer, de forma calma: “nem perca o seu tempo, pois não vai dar certo””.

E mostre este post para o bandido. Depois, chame a polícia.

Via Mashable