Z10_black_ENG_Gen_FrontAngle

Em entrevista durante a CES 2016, o CEO da BlackBerry, John Chen, confirmou que a empresa vai lançar dois novos smartphones em 2016, mas ambos executando Android. Ou seja, nada de novos smartphones BlackBerry 10 nesse ano, pelo menos por enquanto.

Chen afirmou que espera que o BlackBerry Priv ajude a melhora a viabilidade da empresa, na recuperação da marca, e que torne possível a produção de outro smartphone com BlackBerry 10, mas alerta que ainda é muito cedo para falar desses planos. Por outro lado, ele não fecha aso portas para novos investimentos com o software da empresa. Eles querem aproveitar o ano de 2016 para estudar se vale a pena seguir mantendo o seu departamento de hardware, ou se volta os seus esforços para o desenvolvimento de software.

2016 será o ano em que o BlackBerry 10 vai centrar seus esforços para obter a certificação de segurança nacional, com o objetivo de poder ser utilizado em projetos públicos e privados. A maior parte dos lucros da empresa vem do mundo corporativo, e eles precisam oferecer uma ampla gama de dispositivos para esse mercado. Por isso, tudo indica que eles estão buscando oferecer um sistema estável para as empresas.

A BlackBerry centrou-se na venda de serviços e software, aumentando os seus lucros nesse setor, ao ponto de duplicar os seus números de 2014, com a ajuda principalmente dos aplicativos para empresas, como o BES12 (BlackBerry Enterprise Server). Por outro lado, as vendas dos seus dispositivos caíram em mais de 800 mil unidades no segundo trimestre de 2015, ficando em apenas 700 mil dispositivos vendidos.

O lançamento por parte da BlackBerry de um smartphone com Android foi fundamentalmente um passo adiante. A pior opção que eles tomaram foi fechar o departamento de telefonia móvel com grandes perdas. Temos que esperar os resultados de vendas do BlackBerry Priv e se esse departamento se recupera, para só então saber se veremos no futuro novos smartphones da empresa.