Se você não tem sinal no seu celular, ou se o 3G do seu smartphone é de má qualidade, o que você faz? Reclama no Twitter? Liga para a operadora para ser maltratado? Bom, um cliente da cidade de Manchester (Inglaterra), utilizou o método “faça você mesmo”, e invadiu uma das lojas da operadora T-Mobile e começou a simplesmente destruir a loja. Simples assim.

Quem passou pelo local, não perdeu tempo: tirou o celular do bolso, e começou a gravar o ato de vandalismo, que rapidamente foi parar no YouTube. O irônico é que a T-Mobile é conhecida na Europa por transformar flashmobs em ótimos comerciais, onde muitos anônimos gravam as ações de forma espontânea. Será que os transeuntes também pensaram que aquilo era uma ação publicitária da operadora? #ironic

De qualquer forma, os espectadores tiveram reações diferentes: enquanto uns gargalhavam, se divertindo com a cena, outros ficavam atônitos e chocados com a ação. O homem, de grande porte físico, derrubava prateleiras, derrubava celulares do mostruário, e utilizou um extintor de incêndio para aumentar os estragos promovidos.

O cliente só foi contido depois que três homens entraram na loja e o tiraram de lá. A ação durou dois minutos e meio, e minutos depois, cinco policiais chegaram na loja para prender o vândalo. Não se sabe o que aconteceu com o cliente depois da prisão, e muito menos qual foi o motivo para tal reação.

Fato é que: se você que está lendo esse post vai brigar pelos seus direitos, faça direito. Vá até o Procon, ligue na Anatel e faça o que for preciso para ter sua vida conectada em ordem.

Por outro lado… já pensou se a moda pega por aqui?

Via Mashable