650_1000_androidsilver

A essa altura do campeonato, com o LG G3 já conhecido por todos (mesmo que de forma oficial), já deveria ser pauta do dia os rumores sobre o lançamento de um novo dispositivo da linha Nexus, desenvolvido pelos coreanos. Era o que se esperava, ainda mais considerando o sucesso dos modelos anteriores. Porém, não é isso o que está acontecendo.

O sempre bem informado @evleaks foi o responsável por colocar água no chope dos mais animados, revelando nesse final de semana que “não teremos um Nexus 6”, e que a LG passaria direto para o lançamento da nova família de dispositivos Android Silver. O que se fala é que Google e LG querem ter o primeiro telefone pronto para o começo de 2015, com a ideia de torná-lo um produto referência, um top de linha no hardware e no software. A diferença é que outros fabricantes também farão o mesmo, de forma paralela.

Esse suposto dispositivo da LG seria um dos primeiros – se não for o primeiro – a utilizar o processador Qualcomm Snapdragon 810 de 64 bits, que conta com o chipset MSM8994.

Aparecem os modelos Google Play Edition, a venda da Motorola…

range-shot-120131210163049533

Muita coisa aconteceu desde que a Google e a HTC apresentaram o Nexus One em 2010. De lá para cá, vários fabricantes e dispositivos com ótima relação custo/benefício mostraram ao mercado como deveria ser um smartphone ou tablet Android.

Quando tudo parecia indicar que essa relação com os fabricantes ia ser duradoura por muitos anos, em 2013, descobrimos que muitos tinham um especial interesse em contar com produtos com a versão limpa do software da Google, o que resultou na Google Play Edition. Dessa vez, os preços não são tão atraentes, e o design do produto não fica nas mãos da Google, já que são versões de dispositivos top de linha das principais marcas.

Uma forma da Google marcar terreno no universo Android era com a Motorola, e eles estavam indo muito bem nessa missão. Porém, com a venda da empresa para a Lenovo, isso não é mais possível.

Logo, o próximo passo, de acordo com a indústria da rumurologia, é o Android Silver. Com a chegada da nova família de produtos, o programa Nexus chegaria ao fim, permitindo que cada fabricante desenvolva um modelo referência da Google, seguindo requisitos restritos, sem chegar a ser um smartphone desenvolvido pela gigante de buscas.

As diferentes partes envolvidas levam vantagens nessa decisão. A Google teria controle sobre suas criações, e todos os fabricantes teriam a opção de criar algo. Com o Nexus, tudo ficava exclusivo com uma marca. Agora, teremos a variedade de fabricantes. Esperamos que exista uma competição de preço.

São muitos os rumores e perguntas a serem respondidas, e no meio do caminho de tudo isso, temos uma Google I/O 2014 marcada para os dias 25 e 26 de junho. Quem sabe algumas questões já não são respondidas nessa oportunidade?

Via @evleaks