gear-2-neo-1

Com o fim da MWC 2014, podemos observas as novidades apresentadas e identificar as principais tendências. Sem sombra de dúvida, a mais evidente tendência estão nos wearables, que começam a se transformar em gadgets mais atraentes, com funcionalidades mais variadas.

Um dispositivo desse porte é difícil de ser criado, pois precisa satisfazer duas necessidades básicas do usuário: passar desapercebido no uso diário e ter funcionalidades interessantes, que o torne útil. Esses dois aspectos são complicados de se combinar.

Por outro lado, também devem oferecer funções específicos, que transformem o produto em um objeto de desejo, e não alo que deixamos de usar pouco meses depois da compra.

Dito isso, a MWC 2014 ao menos mostrou o início de uma luz no fim do túnel dos gadgets wearables. E acredite: não é o trem vindo na direção contrária.

Huawei TalkBand B1

huawei-talkband-b1-main

A primeira proposta que conhecemos na feira foi o Huawei TalkBand B1. Este bracelete inteligente conta com uma tela OLED de 1.4 polegada, sensores para monitorar nossas atividades físicas e de sono, e auricular desmontável, para ser utilizado como handsfree. Sua baeria de 90 mAh promete até seis dias de uso. Será lançado na China em março, e na Europa, no segundo trimestre de 2014.

Samsung Gear 2 y Gear 2 Neo

samsung-gear-2-neo

O Galaxy Gear foi um fracasso, e a Samsung parece ter aprendido com ela. Por isso, decidiu apostar de novo nos smartwatches, mas modificando alguns elementos considerado especiais. Foram três produtos apresentados. Começando pelos dois primeiros que são similares – os novos Samsung Gear 2 e Samsung Gear 2 Neo, que trazem como principal novidade o sistema Tizen no lugar do Android, decisão muito mais de acordo para um gadget simples, como é o smartwatch.

Os modelos possuem tela de 1.63 polegada (320 x 320 pixels), microfone (e câmera, no caso do Gear 2), que agora está na caixa principal do relógio, e não na correia, sendo assim mais cômodo o seu uso, sensores para frequência cardíaca, pedômetro e reprodutor de músicas independente do smartphone. Sua bateria tem autonomia de uso prometida entre 2 e 3 dias.

Sony SmartBand

4_SmartBand

A Sony SmartBand se destaca pelo Core, um sistema que registra todas as atividades diárias do usuário, através da sincronização de dados com os smartphones da linha Xperia. Com isso, o usuário pode criar um diário online sobre suas rotinas e exercícios, registrando os passos dados, músicas que ouviu, fotos registradas e chamadas recebidas no smartphone. É uma pulseira à prova d’água (IP582), e pode medir a qualidade do seu sono, indicando se você precisa dormir mais ou não, ou até mesmo corrigir os seus horários e rotinas ao dormir. O gadget também pode ser usado para controlar a reprodução de músicas no aplicativo WALKMAN.

Samsung Gear Fit

mwc-mwc-gear-fit-0000-1

A estratégia da Samsung em qualquer mercado é estar presente em todos os segmentos. No caso dos wearables focados no fitness, eles ainda não haviam lançado nenhum produto. Isso mudou com o anúncio da nova Samsung Gear Fit, um híbrido entre bracelete e smartwatch, que chega para competir com a Fitbit ou a Nike FuelBand. Possui uma tela curva de 1.84 polegada, é resistente à água e poeira, e conta com sensores para a frequência cardíaca e medidor de passos. Integra uma bateria de 210 mAh, que são suficientes para funcionar durante 3 a 4 dias (de acordo com a Samsung). Vale lembrar que a Gear Fit só é compatível com a família de smartphones Galaxy da Samsung.