alcatel-firefox-os-00015-1

A Alcatel apresentou hoje (23) na Mobile World Congress 2014 uma série de novos produtos com o sistema operacional Firefox OS. Em comum, uma proposta mais sofisticada do que até então era proposto pela própria Fundação Mozilla.

alcatel-firefox-os-00001-1

O modelo mais reduzido e acessível dessa família de produtos e o Fire C. Sucessor do Alcatel Fire, incorpora uma pequena (e muito pixelada) tela HVGA de 3.5 polegadas, SoC dual-core que já foi visto em outros modelos da empresa, um corpo aredondado e várias opções de cores (com carcaças intercambiáveis), e um desempenho comparável com qualquer outro telefone Firefox OS (acesso básico à internet). O modelo ainda conta com 2 GB de armazenamento interno, rádio FM integrado, entre outros detalhes físicos.

alcatel-firefox-os-00004-1

Os novos modelos Fire E e Fire S são os modelos maiores, mais elegantes e (teoricamente) mais funcionais. Contando com carcaças metálicas de boa qualidade (apesar dos arranhões detectados nos protótipos), e contando com apenas 7.5 mm de espessura (no Fire E), os dois smartphones querem conquistar o público que normalmente estaria especulando a compra dos Androids da ZTE, Huawei ou da própria Alcatel.

Os dois modelos se caracterizam pelo uso de uma tela IPS de 4.5 polegadas (inédita nesse segmento), com resolução qHD. O Fire E (de Elegance) incorpora um processador de 1.2 GHz, mais potente que os outros dispositivos Firefox OS, NFC, câmera traseira de 8 megapixels, e câmera frontal de 2 megapixels.

alcatel-firefox-os-00012-1

O Fire S (de Speed) conta com modem LTE integrado, sendo o primeiro da Alcatel a receber tal conectividade. Porém, temo um hardware mais modesto, como uma câmera frontal VGA e câmera traseira de 5 megapixels. Resta saber como é o seu desempenho, mas pelo menos por enquanto, isso não é possível, pois o protótipo que a Alcatel apresentou na demonstração não era funcional.

Por fim, a Alcatel apresentou o seu primeiro tablet com Firefox OS, mesmo que em forma de uma maquete em escala do produto (não funcional, de novo). Entre os seus detalhes técnicos, destacamos uma tela com resolução qHD, processador dual-core de 1.2 GHz, câmera VGA e conectividade WiFi (inicialmente, sem opção com 3G ou LTE – algo contraditório, se considerarmos que a essência do Firefox OS está na nuvem).