Esta é a primeira grande conferência da Mobile World Congress 2010, e uma das mais esperadas. A Samsung nos últimos dias alimentou a mídia especializadade rumores sobre novos aparelhos com o seu novo sistema, o Bada. Veja abaixo o que eles apresentaram em Barcelona. Faço aqui um resumo de todas as informações obtidas pelo site Engadget.com.

A conferência começou com um certo atraso, e com o pedido de desculpas por isso de Jake Humpry. Ele dá boas vindas a todos os presentes, para o evento Samsung Unpacked. De fato, a Samsung se adiantou (e saltou à frente dos concorrentes, uma vez que a MWC 2010 só começa com a apresentação da Microsoft). Jake então chama o chefe da Samsung Mobile, JK Shin.

Shin faz uma recapitulação do ano de 2009, informando que a parte de dispositivos móveis da Samsung cresceu 16% no ano passado, e informam que são hoje a empresa número 1 em dispositivos móveis com tela touch. Fala do rápido desenvolvimento da tecnologia , de que as pessoas não querem apenas celulares para falar com as pessoas, e que estamos na era dos telefones inteligentes (smartphones).

Começam a falar do Bada, sistema operacional móvel da empresa, lançado no final do ano passado. Shin diz que o Bada é chave para os planos da empresa, pois oferece flexibilidade aos desenvolvedores, uma nova experiência para os consumidores e simplicidade para as operadoras. Isso mostra que a Samsung está vindo para o ataque, e com força, para disputar com os maiores rivais no setor de telefonia móvel.

Com o Bada, a Samsung pretende democratizar o uso do smartphone entre as pessoas. Shin se despede e cede seu lugar para dançarinas que ficam dançando um bom tempo (bailarinas para apresentar novos produtos de tecnologia… NICE!).

Depois de tanta dança e música, o pessoal da Samsung se lembrou que era um evento de tecnologia, e anunciou que iria começar a apresentar os novos produtos da empresa. Começando pelo Samsung Wave, que já estava sendo especulado nos últimos dias. Conforme dito anteriormente, ele é um aparelho com tela Super AMOLED, Samsung Apps e “hub social” integrado. O aparelho possui um processador de 1 GHz, mas nada foi dito se ele era um Snapdragon ou não. A tela Super AMOLED usa um painel com sensor touch integrado. É mais fina e brilhante, e permite que o corpo do celular esteja em uma única estrutura. Possui chassi de alumínio e TouchWiz 3.0.

A integração com as redes sociais passa a ser mais limpa e estilizada no Samsung Wave.

O Social Hub do Samsung Wave integra a lista de contatos do aparelho com todo o histórico relacionado à aquele contato buscado, como página de Facebook, mensagens recebidas e enviadas, tweets, etc. Com um único clique, você tem todas as informações nas mãos, sem maiores complicações.

Você também pode buscar fotos agrupadas por contatos, quando se toca em um desses contatos. Deste modo, você não precisa mais ficar procurando em álbuns completos para encontrar uma foto de uma determinada pessoa. Também é possível uma integração com calendários, com opção de compartilhamento com os serviços do Yahoo.

O Wave possui suporte para o Flash, através do próprio Bada. Seus aplicativos, segundo a Samsung, serão mais profundos e ricos em detalhes.

Haverá várias modalidades de pagamento na loja de aplicativos do Bada, nos mais de 50 países em que os aplicativos estarão disponíveis. E mais dança para os presentes (a Samsung gosta de umas dançarinas, não?).

E isso é tudo. A conferência da Samsung se resumiu ao Bada mesmo. Ainda hoje, você terá mias detalhes sobre este aparelho. Continue seguindo nossa cobertura da Mobile World Congress aqui, no TargetHD.net.

Fonte