Ok, nós bem sabemos que a Mobile World Congress acabou, mas temos os nossos retardatários. Por isso, eventualmente, vamos postar algumas coisas interessantes que ficaram para trás mediante o volume de informações que foram postadas na semana passada. Começamos pelas novidades que a Acer mostrou em Barcelona.

A série neoTouch, composta pelos aparelhos P300 e P400, é baseada no Windows Mobile 6.5.3., e tentam combinar trabalho e prazer em um mesmo aparelho. Eles contam com tela de 3,2″, conector de fones de ouvido, WiFi e 3G+. A principal diferença entre os dois fica por conta do teclado QWERTY físico do P300. Além disso, esse modelo incorpora um processador Qualcomm 7225, de 528 MHz, conexão Bluetooth 2.0 e uma bateria com energia para 4 horas de conversação e 400 horas em standby. No caso do P400, temos que falar de um processador Qualcomm 7227 funcionando a 600 MHz, Bluetooth 2.1 +EDR e até 5 horas de autonomia de conversação.

Além disso, a Acer também apresentou os terminais E400 (imagem abaixo) e E110, dois smartphones de linha intermediária, que se acoplam dentro da chamada família beTouch.

O E400 é um terminal de tela touch (resistiva) de 3,2″, sistema operacional Android (2.1) e um processador de 600 MHz parecido com o do P400 (Qualcomm 7227). Seu design mostra em sua parte inferior quatro teclas de controle de toque. Ele também possui WiFi, Bluetooth 2.0 e A-GPS, além de acelerômetro, slot para cartões microSD e câmera de 3.2 MP com geo etiquetas e gravação de vídeo. Prometem até 5 horas de autonomia em conversação.

Já o discreto E110 conta com uma tela touch um pouco menor que o E400, com 2.8″, e seu desenho é mais simples do que os demais. Com uma câmera de 3 MP (com gravação de vídeo), o aparelho também oferece Android como sistema operacional, rádio FM e GPS integrado. Sua bateria tem autonomia de 7 horas de conversação, e é um aparelho básico, para quem não quer complicações. É uma pena que este aparelho não possui WiFi.

Fonte