musical.ly

O Musical.ly foi comprado por um valor avaliado entre US$ 800 e US$ 1 bilhão para a empresa chinesa de informação Bytedance Technology. A rede social ganhou muito peso entre os adolescentes, e e uma das poucas criadas na China a obter impacto internacional.

A Bytedance controla o agregador de notícias Toutiao, que conta com 120 milhões de usuários na China. Os 200 milhões de usuários globais do Musical.ly (mais que o Snapchat) só tendem a crescer nos próximos anos.

O Musical.ly é uma rede social de vídeo, onde podemos criar, compartilhar e descobrir vídeos musicais curtos. É um mix de Snapchat e Vine para gravar vídeos de 15 segundos, onde podemos fazer o que quiser enquanto rola a música de fundo.

Há quem diga que o app tem potencial para ser o próximo Snapchat. Em 2016, acumulou 90 milhões de usuários globais, e é o número 1 entre os apps gratuitos na App Store em 20 países.

E é nesse potencial futuro que se entende o dinheiro pago pela rede social. Não é todo dia que vemos alguém pagar essa quantia por esse tipo de app. E, para a Bytedance, é uma chance de ouro para crescer internacionalmente.

Por enquanto, o Musical.ly segue operando como um produto independente, mas recebendo a tecnologia de inteligência artificial da Bytedance. Além disso, a forte presença da empresa na China também ajuda a crescer em um mercado asiático onde ainda não conseguiu expansão.