A MSI Compute lança no mercado brasileiro a placa-mãe H61M-P21 (B3), que suporta a nova geração de processadores Intel Sandy Bridge, baseados na plataforma Core i7, i5, i3, Pentium e Celeron com soquete LGA 1155. O equipamento conta com tecnologia exclusiva de overclocking e dispensa o uso de sistema operacional. A nova placa-mãe da MSI contém os processadores gráficos Intel HD Graphics 3000 e 2000 integrados em seu núcleo, bem como conectores HDMI, DVI e D-Sub. Oferece até 16GB de memória RAM por meio de dois soquetes DIMM, com 10 saídas USB 2.0, além de 4 portas SATA, que suportam fluxo de dados de 3GB por segundo, e outras 3 portas PCI-E x1.

A H61M-P21 (B3) traz a exclusiva tecnologia de overclocking automático integrado desenvolvido pela MSI, o OC Genie II. A ferramenta garante que, em apenas um segundo, haja um aumento na performance do processador e da memória. Desta forma, o desempenho da iGPU (Unidade de Processamento Gráfico) registra um ganho de até 36%.

O produto apresenta como principal característica a possibilidade de que o computador seja utilizado sem rodar um sistema operacional, o que é conseguido graças a outra tecnologia pioneira desenvolvida pela MSI, o Winki 3. A tecnologia baseia-se na plataforma Linux e possui uma velocidade de inicialização ultra-rápida, além de uma interface multilíngue. O Winki 3 caracteriza-se por fornecer uma ferramenta para uso facilitado da Internet, incluindo funcionalidades mais populares, além da própria navegação, como a utilização de Webmail e de mensagens instantâneas. Desta forma, a tecnologia possibilita uma forma mais prática de acesso à Internet. A placa é ideal para equipar um HTPC (Home Theater PC), a placa conta, ainda, com 8 canais de áudio (7.1) em alta definição.

via assessoria de imprensa