msi-windpad-100-tablet-04

A última Computex nos serviu, entre outras coisas, para dar um pouco mais de atenção para os tablets WindPad que a MSI estava preparando nos meses anteriores. Um deles se destacava por contar com Windows 7 e processador Atom, enquanto que o outro modelo rodava com Android e processador ARM. Porém, o tempo passou, e a MSI resolveu mudar os planos para a CES 2011, fazendo atualizações nos produtos.

Segundo consta, a primeira das modificações é que vamos ver na feira de Las Vegas uma feira com tela de 10,1″ e Windows 7 Home Premium, que quer entrar para a História como um dos primeiros dispositivos a funcionar com um Atom Oak Trail. Andy Tung, responsável pelo departamento comercial da empresa, afirma que a solução para os tables da Intel conta com uma boa melhora de autonomia de bateria e de desempenho em relação aos processadores Atom atuais, mesmo que a diferença “não chegue a ser extremamente significativa”. Mesmo assim, as medidas do tablet não chegam a alcançar os 25 mm de espessura, conta com resolução de 1024 x 600, tela multitouch, portas HDMI e USB (ambas em formato mini), leitor de cartões SD e acelerômetro. Seu preço não foi informado, mas sua apresentação oficial deve acontecer mesmo no começo de 2011.

Já o modelo com Android deverá contar com um chip Tegra 2 Dual-Core, 10,1″ de tela, 1280 x 800 de resolução, além de especificações bem parecidas com as do modelo anterior, mas contando com um desenho mais resistente a golpes e pancadas, e um pouco mais fino. Sobre o seu sistema operacional, vai depender dos progressos do Google: se o Android 3.0 (Honeycomb) estiver disponível em fevereiro ou março, este novo tablet contará com esta versão; caso contrário, ele chega ao mercado com o Gingerbread, para não atrasar o seu lançamento, previsto também para o começo de 2011.

Fonte