Para muitos, o Thunderbird sempre foi o primo pobre do Firefox. E hoje, a Mozilla confirmou isso, anunciando que abandonou o desenvolvimento do seu cliente de e-mails. Esta decisão só se tornou pública depois de um vazamento de um e-mail interno, e que deveria se tornar oficial apenas na segunda-feira da semana que vem (16/07).

A decisão foi tomada em partes para que a equipe envolvida no projeto possa se centrar no Firefox OS e no próprio Firefox (navegador), que não deixa de ser o seu produto principal. De qualquer forma, não parece ser absurdo pensar que a crescente importância que os serviços de e-mail na nuvem estão tendo no mercado foi o principal incentivo para a decisão da Mozilla.

A empresa indica que vai seguir oferecendo patches e atualizações de segurança para o Thunderbird, ainda que parte da equipe de desenvolvimento do software mude de departamento, assim como o detalhe que o software já seja considerado como “não prioritário” pela própria Mozilla. A solução para que o suporte continue está nas mãos da própria comunidade open source, que está encarregada de seguir adicionando funções no Thunderbird.

Via TechCrunch