motorola-moto-x-preto-01

Segundo o Wall Street Journal,  o primeiro lançamento da Motorola com a influência direta da Google em sua concepção não está se vendendo tão bem quanto a gigante de Mountain View esperava. O Motorola Moto X teve um recente corte de preço nos mercados internacionais, e a decisão teria sido motivada pelo objetivo de aumentar as vendas do dispositivo.

A Motorola vai apresentar amanhã (13) o Motorola Moto G, que é visto como a versão de baixo custo do Moto X.  Sites internacionais afirmam que o dispositivo deve chegar ao mercado (lá fora) por um valor de aproximadamente US$ 200, livres de contrato.

Um dos fatores que podem explicar as baixas vendas do Moto X é a disponibilidade do produto nos mercados globais. O modelo não está disponível no mundo todo. Além disso, muitos esperavam que o Moto Maker já estivesse disponível logo no ato do seu lançamento, algo que não aconteceu. O que pode ter frustrado muitos compradores em potencial, ainda mais pelo fato da própria Motorola usar a personalização do smartphone como um dos principais motivos para a compra do produto.

Com a chegada do Moto G, será interessante ver como os consumidores vão se comportar diante da nova proposta. Será que vão escolher pelo modelo de baixo custo (mas com configurações técnicas bem interessantes) e disponível (teoricamente) em todos os mercados? Ou vão esperar mais um pouco pelo Moto X personalizado?

A partir de amanhã, poderemos responder essas e outras importantes questões.

Via WSJ