motorola-moto-x-ifixit

Todo gadget que se preze passa, mais cedo ou mais tarde, pelo rigoroso teste de desmontagem do pessoal do site iFixit que, com muitas chaves de fenda nas mãos, despedaçam o equipamento para nos oferecer um dado que interessa pra muitos: se o produto é fácil de ser consertado ou não.

No caso desse post, o produto que ocupa o centro das atenções é o já mundialmente famoso Motorola Moto X, que parece ter passado nesse teste. No processo do iFixit, nos deparamos com a placa-mãe, o armazenamento de 16 GB em eMMC NAND, os módulos de carga indutiva e a bateria de 2.200 mAh.

Mas o detalhe que mais nos interessa é que o equipamento foi considerado de fácil conserto, já que, entre outras coisas, ele usa um único tipo de parafuso em suas entranhas. Porém, o modelo também foi alvo de críticas, por contar com a bateria integrada ao chassi, o que impediu uma nota mais alta na análise.

Clique aqui para ler a análise completa do iFixit.