moto-x-ad

Personalização. Parece que essa é a palavra de ordem da Google com o Moto X, que já é mais do que oficial. O primeiro anúncio do novo smartphone da Google (pelas mãos da Motorola) foi liberado ontem (02), e deixa um recado bem claro para os futuros consumidores: você poderá deixar o dispositivo com a sua cara, atendendo as suas necessidades.

O anúncio é liberado um pouco antes do principal feriado nacional dos norte-americanos, o 4 de julho (dia da independência dos Estados Unidos). O anúncio destaca as vantagens que o novo smartphone da Motorola vai trazer, e enfatiza algo que a própria Motorola já destacou nos últimos meses, através das declarações dos seus executivos: o Moto X será fabricado nos Estados Unidos.

Esse aspecto pode ser importante por lá, não só pela questão de redução de custos de fabricação (que se convertem imediatamente em um preço final menor para o consumidor), mas também para uma maior agilidade na oferta do produto no mercado. Bom, pelo menos, na teoria.

Mas o ponto de maior destaque do Moto X é a possibilidade de personalizar o smartphone a nosso gosto. Não há maiores detalhes sobre o assunto, mas os rumores apontam que poderemos selecionar os componentes do nosso smartphone, criando a nossa unidade do Moto X de acordo com as nossas necessidades de uso diário.

Por exemplo, poderemos (na teoria) selecionar os componentes de hardware do dispositivo, como o processador, memória e, quem sabe, até mesmo a capacidade de bateria e sua tela. Também poderíamos escolher as cores do telefone. De novo: isso tudo é uma teoria. Nada foi confirmado, e temos que esperar o lançamento oficial da Motorola para confirmar ou não como será essa personalização, e a que nível.

O anúncio abaixo começa a ser veiculado hoje nos veículos de imprensa mais importantes dos Estados Unidos. E imagino que não vai demorar muito para sabermos quando o telefone vai efetivamente chegar ao mercado.

Moto-X-anuncio

Via IntoMobile, The Verge