motorola-moto-x-oficial-01

Ele é exatamente do jeito que você viu aqui no TargetHD nas últimas semanas. E todos os seus rumores foram confirmados. A Motorola acaba de anunciar o de forma oficial o Motorola Moto X.

Depois de tantos vazamentos, o fator surpresa quase que desapareceu. Tanto, que o evento que aconteceu em Nova York nem teve um streaming oficial para que todos pudessem conhecer a novidade. Sobre suas especificações, praticamente todos os rumores foram confirmados. O Moto X segue a tendência iniciada pelos modelos Droid Ultra e Droid MAXX, oferecendo características já presentes em demais modelos da empresa, como uma tela AMOLED de 4.7 polegadas (720p, 316 ppp), processador Qualcomm Snapdragon S4 Pro de 1.7 GHz, 2 GB de RAM, 16 ou 32 GB de armazenamento, câmera traseira de 10 megapixels e bateria de 2.200 mAh.

MotoX_Black

Falando um pouco mais de suas câmeras. Tanto a câmera frontal de 2 megapixels como a câmera traseira de 10 megapixels permitem a captura de vídeos a 1080p. O sensor traseiro recebe o nome de Clear Pixel, e foi desenvolvido para registrar as melhores fotos possíveis em locais com baixa luminosidade (essa é uma das tendências mais fortes da nova geração de compradores de smartphones), prometendo um ganho de até 75% na projeção da luz da foto.

A câmera também possui uma função de captura rápida, que permite a ativação da câmera com o telefone em standby, simplesmente girando duas vezes o pulso. O controle das câmeras é feito a partir de uma interface personalizada, ainda que a interface geral do Android (versão 4.2.2 Jelly Bean… de forma até estranha, se levarmos em conta que a Motorola é uma empresa da Google) não tenha sofrido grandes modificações.

motorola-moto-x-oficial-02

Aparentemente, as especificações técnicas do Motorola Moto X podem decepcionar aqueles que esperavam um modelo com um processador mais completo. Porém, só poderemos dizer na prática se a experiência de uso será plena ou não. Até porque a Motorola traz como novidade no X8 dois processadores únicos e exclusivos, que são denominados como X8 Mobile Computer System. E esse pode ser um interessante diferencial para o modelo.

Um desses chips vai ficar responsável de processar as instruções de voz do usuário para o Google Now, minimizando o impacto do reconhecimento de voz na bateria (algo que, por natureza, demanda um pouco mais do processador, gerando um consumo maior da bateria). O segundo chip será responsável de gerenciar o funcionamento dos sensores do telefone.

Combinados, eles podem resultar em um impacto de performance e autonomia de bateria muito interessantes. Para ser mais preciso, a Motorola promete que esse novo sistema promete uma autonomia de bateria de “até 24 horas de uso combinado” (espero que eles detalhem o que eles querem dizer com “combinado”).

MotoX_ColorPinwheel

Outra característica que foi muito divulgada antes do lançamento do smartphone e que foi confirmada oficialmente é a possibilidade de customização do Moto X. Cada unidade do novo smartphone da Motorola pode ser personalizada individualmente, onde o comprador poderá escolher os elementos mais importantes do dispositivo, incluindo a cor de sua carcaça externa, a capacidade de armazenamento, entre outros elementos. Esse recurso está disponível através de um novo serviço, o Motorola Maker.

MotoX_ATT_AngleTurquoise-NeonYellow_ATT

O Motorola Moto X tem previsão de lançamento nas principais operadoras dos Estados Unidos para o mês de agosto, com um preço inicial sugerido de US$ 200. A Motorola Brasil já divulga o aparelho em seu site oficial, mas não informa quando o modelo será lançado por aqui. Alguns veículos internacionais indicam que o modelo chega ao mercado brasileiro no final de agosto ou começo de setembro, mas vamos aguardar um posicionamento oficial da assessoria de imprensa da Motorola Brasil.

Abaixo, vídeos promocionais do Motorola Moto X e seus recursos

 

 

MotoX_White

MotoX_ATT_RoyalBlue-Black

motorola-moto-x-oficial-03