moto-g-topo

Em evento realizado hoje (13) em São Paulo (SP), a Motorola apresentou para o mundo a sua nova aposta para expansão no mercado de smartphones Android. O Motorola Moto G cumriu a sua promessa de ser uma versão de baixo custo do já lançado Moto X, pois combina o seu design com algumas restrições técnicas, mas sem deixar de ser uma opção muito completa para a sua proposta de preço.

O Moto G começou a ser especulado poucas horas depois do lançamento do Moto X. Isso mesmo. No evento de lançamento do seu primeiro smartphone com a assinatura da Google, já se falava em uma versão com especificações técnicas mais limitadas, mas com um preço mais competitivo. Meses depois, a Motorola apresenta de forma oficial o Moto G, que oferece a mesma assinatura de design do modelo maior, prometendo a mesma experiência de uso do Moto X, mas com um preço muito mais atraente e competitivo.

E eles cumpriram com o prometido.

motorola-moto-g-0000

O Motorola Moto X possui uma tela de 4.5 polegadas com resolução HD (1280 x 720 pixels, com 329 pixels por polegada). Segundo os profissionais do fabricante presentes na apresentação do produto, essa tela oferece uma qualidade de imagem superior aos seus principais concorrentes na sua faixa de preço (falamos mais sobre isso daqui a pouoco).

Seu processador é um Qualcomm Snapdragon 400 quad-core de 1.2 GHz, que vai trabalhar em conjunto com 1 GB de RAM. Essa dupla deve ser suficiente para oferecer ao usuário um ótimo desempenho para as tarefas mais comuns dos usuários de dispositivos dessa categoria (redes sociais, e-mails, navegação na internet, fotos, etc). O modelo ainda conta com uma GPU Adreno e pelo menos duas versões de armazenamento (8 GB e 16 GB – sem slot para cartões microSD).

A versão com 8 GB de armazenamento é em modo single SIM card, enquanto que a versão com 16 GB possui o dual SIM card. Ou seja, em linhas gerais, as duas versões do Moto G só se diferenciam pela sua capacidade de armazenamento e pelos seus slots para chips de operadoras. O smartphone chega ao mercado com o sisitema operacional Android 4.3 Jelly Bean, com atualização garantida para a versão 4.4 KitKat para janeiro de 2014.

O produto ainda possui uma câmera traseira de 5 megapixels, com funções bem interessantes para um produto do seu porte, como um modo HDR automático, gravação de vídeos em slow motion, disparo contínuo, modo de foto panorâmica e foco por toque, além de um flash LED e zoom digital de 4x.

motorola-moto-g-0004

Produtos apresentados. Agora, vamos aos preços.

Lá fora, o Moto G tem preços sugeridos de US$ 179 para o modelo de 8 GB, e US$ 199, para a versão com 16 GB de armazenamento. Os dois valores são para o smartphone desbloqueado e livres de contratos com operadoras de telefonia móvel.

No Brasil, o Moto G estará disponível nas lojas online da Motorola e nos e-commerces nacionais (o primeiro comprador de um Moto G no mundo é um brasileiro) a partir de amanhã (14), e os seus preços são de R$ 649 para o modelo com 8 GB de armazenamento. O modelo com 16 GB aparece em duas edições especiais, a Colors Edition, com dual SIM e quatro opções de cores na carcaça traseira (amarela limão, vermelha, branca e preta) vai chegar ao mercado nacional no dia 18 de novembro, e tem preço sugerido de R$ 799.

A terceira versão é a Music Edition, e contará com exclusivos fones de ouvido sem fio Air Tracks, da SOL REPUBLIC. Chega ao mercado em dezembro, e tem preço sugerido de R$ 999.

O lançamento do Moto G é mundial. Ele deve chegar aos principais mercados mundiais nos próximos dias.

Desse modo, a Motorola (e a Google, por tabela) oferece a melhor opção de smartphone Android de linha média do mercado. Você não vai encontrar um produto com um hardware tão poderoso por esse valor, e se levarmos em consideração que a Motorola conseguiu colocar uma experiência de um sistema Android quase puro no smartphone, a performance deve ser uma das mais plenas, tal como acontece hoje com o Moto X.

Aliás, os compradores do Moto X também receberam uma boa notícia, pelo menos. A Motorola promete a atualização do dispositivo para o Android KitKat “para as próximas semanas”. Tudo bem que essa é uma previsão um tanto quanto vaga, mas ao menos é uma confirmação que o dispositivo deve mesmo ser atualizado antes do final de 2013.

motorola-moto-g-0005

Na sua faixa de preço, o Moto G se tornou simplesmente imbatível. É, na teoria, o melhor smartphone de linha média que você pode comprar, mesmo na versão com 16 GB, que custa R$ 150 a mais. Os objetivos da Motorola/Google com esse lançamento são muito claros: dominar o mercado de linha média, barrar a Samsung com os seus inúmeors lançamentos de linha intermediária, competir diretamente com a Nokia, que vem crescendo em todo o mundo com os modelos Lumia de entrada e/ou intermediários e, obviamente, ampliar a sua participação no mercado.

Ah, ia me esquecendo: e mostrar para uma certa “empresa da maçã” que é sim possível oferecer no mercado um smartphone de baixo custo, mas com especificações de hardware atraentes. É só querer. E a Google quer isso.

 motorola-moto-g-0002 motorola-moto-g-0011 moto-g-0007 moto-g-0010 moto-g-0009 moto-g-0008