MotoX_ATT_RoyalBlue-Black

A Motorola não perde tempo. Anunciou ontem (01) de forma oficial o Moto X, que já conta com um preço bem agressivo (a partir de US$ 199 nos EUA), e já pensa em uma versão “econômica” do seu primeiro smartphone a contar com a “filosofia Google”.

De acordo com o CEO da Motorola, Dennis Woodside, a empresa já trabalha na versão de baixo custo do Moto X, objetivando alcançar os mercados emergentes ou usuários de entrada. Maiores detalhes técnicos não foram revelados, mas o executivo adianta que esse Moto X “econômico” será o primeiro de uma série de modelos com o mesmo conceito apresentado pelo lançamento recente da empresa.

Ainda segundo Dennis, o objetivo da Motorola é que essa versão de baixo custo do Moto X seja um lançamento internacional, e não apenas para mercados localizados. Detalhes sobre preços e datas de lançamento não foram revelados.

Pelo visto, a Motorola tomou gosto pela brincadeira de oferecer smartphones Android com especificações técnicas intermediárias, mas que prometem uma boa experiência de uso e um baixo custo. A ideia da empresa é muito clara: povoar o mercado com opções que podem convencer o consumidor de entrada a adquirir a sua proposta do Android próximo ao Android puro, mas com alguns diferenciais.

Só o tempo vai dizer se eles serão bem sucedidos ou não.

Via CNET