Mimamotchi

 

O Mimamotchi é um aplicativo desenvolvido pela polícia da prefeitura de Fukuoka (Japão), que adverte as mulheres sobre as áreas da cidade onde já aconteceram delitos sexuais, com o objetivo delas evitarem passar por aqueles locais.

O ideal era não precisar de um aplicativo como esse, mas como na cidade já foram registrados 435 casos diferentes de violência sexual (que foram denunciados), o Mimamotchi acaba sendo necessário. Os números disparam quando pensamos nos casos globais, agressões não denunciadas, encobertas ou produzidas entre as próprias mulheres.

 

 

O aplicativo usa o GPS para monitorar a localização do usuário, e envia automaticamente a informação sobre as zonas de risco. O usuário pode controlar a faixa de alcance onde quer ser notificado (entre 5 km e 100 metros) e as zonas com maior concentração de delitos sexuais são exibidas em vermelho, para uma rápida identificação visual.

O Mimamotchi também conta com um sistema de alarme que emite um som de sirene, com acesso direto à polícia, que através da geolocalização pode detectar a localização da vítima.

Por enquanto, o aplicativo está disponível nas principais lojas de aplicativos do Japão, mas a ideia pode se estender para mais países.

 

Via Nikkei