Miitomo

A Nintendo anunciou oficialmente o desenvolvimento do seu primeiro jogo para smartphones. E não é o Mario, e nem é um jogo que poderemos jogá-lo a curto prazo, já que o Miitomo não estará disponível até março de 2016.

Dada a importância histórica do anúncio, era de se esperar “algo mais” e “mais pronto”, mas é o que temos para hoje. O Miitomo é praticamente um Tomodachi Life online, girando em torno dos icônicos avatares Mii da Nintendo, permitindo aos jogadores interagirem com outros Miis em tempo real, pela internet. É uma espécie de Second Life para Miis, de forma bem resumida. O jogo será free-to-play, com complementos opcionais disponíveis através de compras in-app.

O tipo de jogo escolhido e o lançamento tardio decepciona aos gamers e aos investidores, o que resultou uma queda das ações da Nintendo na bolsa de 7.5% depois do seu anúncio. A empresa programou o lançamento de cinco jogos para smartphones para 2016, e fatalmente eles devem utilizar as suas franquias mais conhecidas.

Miitomo-02

Este é apenas o começo de uma mudanças de estratégia completa, diante da negativa de entrar no mercado de smartphones antes. Usuários, analistas e investidores reclamaram disso por anos, mas a Nintendo quis proteger suas próprias plataformas, reservando seus jogos exclusivamente para elas. As consequências foram drásticas. Ainda que seja um setor diferente, a Nintendo tem na Microsoft um bom espelho para olhar, já que a mesma leva aplicativos e serviços para todo o tipo de plataformas, mesmo que sejam rivais.

A Nintendo precisa se reinventar para seguir sendo uma gigante no setor. Os jogos para smartphones podem compensar a queda nas vendas dos consoles portáteis, e o lançamento do Nintendo NX pode superar o fiasco do Wii U, com uma máquina de maior potência, que pode rodar os jogos de outros desenvolvedores, além os da própria Nintendo.

Via SlashGear