tablets-windows-8

Peter Klein, diretor financeiro da Microsoft, confirmou que está nos planos da empresa lançar tablets com telas de 7 polegadas com o Windows 8 nos próximos meses. O objetivo desses lançamentos é o mais óbvio do mundo: fazer concorrência contra o iPad Mini, o Nexus 7, o Kindle Fire HD e outros produtos que se posicionam nessa categoria de produtos.

O executivo confirmou que a empresa está trabalhando com diferentes fabricantes para desenvolverem os seus tablets menores com Windows 8. Klein não garante que estamos falando de um Surface Mini, e além de reduzir o tamanho do dispositivo, o objetivo é oferecer um produto “muito mais acessível” que os tablets disponíveis no mercado hoje. Dessa forma, eles poderiam competir com os outros tablets menores que são líderes no mercado.

Vale destacar que, no final do ano passado, a Microsoft reduziu os requisitos técnicos de utilização do Windows 8, principalmente na sua resolução de tela mínima, que saiu dos 1366 x 768 pixels para os 1024 x 768 pixels. E essa mudança facilita a incorporação do sistema em dispositivos com telas menores.

As vendas do Microsoft Surface são fracas, abaixo das expectativas da empresa. Foram 400 mil unidades do Surface Pro, e tudo indica que os consumidores não estão dispostos a gastar muito dinheiro em um dispositivo com Windows 8.

Por outro lado, se a Microsoft adentrar no mercado de tablets menores com baixo preço, é muito mais provável que eles alcancem vendas menores. Não só pelo prestígio dos tablets de 7 polegadas no seu custo/benefício, mas também pela facilidade no quesito mobilidade. Agora, imagine combinar tudo isso com o sistema operacional mais utilizado do mundo.

Resta saber se toda essa teoria se converte em vendas na prática. E tal como tantos outros exercícios de futurologia, só o tempo vai dizer se a aposta é certeira.

Via Gizmologia