smartphone-microsoft-windows-10

Vahé Torossian, novo presidente da Microsoft França, afirmou em entrevista para o LePoint que a empresa deve abandonar o mercado mobile de consumo “durante alguns anos”.

A declaração não surpreende. A cota de mercado do Windows Mobile/Phone está abaixo dos 2%. Satya Nadella assumiu publicamente que a Nokia foi um fiasco, e outros executivos já comentaram que o smartphone “não é uma prioridade para a Microsoft”.

Sem falar nos rumores sobre o fim da série Lumia, que são cada vez mais frequentes.

Declarações contundentes do executivo da Microsoft

Torossian não poderia ser mais claro:

“Nossa estratégia para o Windows Phone está centrada nos clientes empresariais. Estamos fora do mercado de massa e apostamos em um salto tecnológico em poucos anos, com uma mudança de paradigma. Durante esse período de transição, não vamos permanecer no mercado de smartphones de consumo.” 

Isso não quer dizer que a Microsoft vai abandonar o mercado mobile, pois vai seguir introduzindo aplicativos e serviços no Android, além de manter o desenvolvimento do Windows 10 Mobile para abastecer smartphones como o HP Elite x3, um dos modelos mais interessantes para o mercado profissional.

O executivo francês não fez comentários sobre o Surface Phone, mas disse que “a linha de produtos Surface está destinada a receber novos formatos”. Dá a entender que o Surface AIO pode ser apresentado no evento de hardware que a Microsoft vai realizar em outubro.

Via LePoint