Microsoft-Surface-Pro-3-11

A aposta da Microsoft no mercado de tablets conversíveis segue evoluindo. Apesar dos rumores apontarem para um Surface Mini, a gigante de Redmond mais uma vez driblou as especulações, e o principal protagonista do evento realizado pela empresa hoje (20) em Nova York (EUA) foi o Microsoft Surface Pro 3, a terceira geração de um dispositivo que agora é mais versátil e potente.

O novo tablet herda muito das propriedades dos seus antecessores, mas aposta em uma novidade fundamental, que o posiciona ainda mais como um produto de produtividade: a sua tela, que agora tem diagonal de até 12 polegadas, se transformando em um candidato ainda mais direto para substituto do notebook tradicional.

Menos tablet, mais notebook

O design do Surface Pro 3 mantém a linha básica dos dois primeiros, onde a tela segue mantendo o seu papel de dispositivo independente, podendo ser acoplada em um dos teclados que a Microsoft oferece de forma opcional.

Porém, o aumento para as 12 polegadas de tela (no lugar das 10.6 do Surface Pro 2) faz com que a função de tablet receba uma importância menor, principalmente pelas implicações que o tamanho maior possui na hora de manejar o dispositivo com comodidade durante longos períodos de uso. Suas dimensões e o peso, tal como acontece com os híbridos e conversíveis de marcas concorrentes, comprometem a ergonomia do produto.

650_1000_surface-13

Mesmo assim, a Microsoft conseguiu reduzir a espessura do produto para 9.1 mm, enquanto que o seu peso (sem teclado) é de 800 gramas, valor exagerado para um tablet, que conta ainda com um chassi mais sólido e resistente, e que segundo os responsáveis da Microsoft no evento, fazem uso de um complexo processo de fabricação.

A coisa começa a mudar a favor do Surface Pro 3 quando falamos do seu uso como computador portátil. O maior tamanho de tela favorece um uso com recursos como o Office, ou com qualquer outro aplicativo tradicional do Windows.

De fato, o aumento do tamanho de tela tem outra consequência que será bem recebida pelos usuários: um maior espaço para um touchpad, que será de maior tamanho que as presentes na Type Cover que vimos até agora. É preciso ainda confirmar a qualidade de resposta do acessório, mas não resta dúvidas que essa vantagem pode ajudar – e muito – nas longas horas de trabalho junto ao dispositivo.

O trackpad é 68% maior, por conta desse aumento de tela. A fricção do trackpad também foi melhorada, para uma melhor interação com esse componente da Type Cover, que segue colorida e muito finas.

Microsoft-Surface-Pro-3-3

Uma das grandes novidades do Surface Pro 3 é o novo Kickstand, um suporte que permite apoiar o tablet em uma superfície de forma mais flexível. Até agora, os ângulos permitidos para posicionar o tablet para trabalhar eram muito limitados. O novo sistema permite o posicionamento em praticamente qualquer ângulo de apoio. É claro que existem limitações físicas (por conta do próprio design do sistema), mas é possível ajustar o conjunto em um ângulo de até 150 graus.

O sistema de apoio também integra um sistema semelhante para que, caso você acople o teclado, você não tenha dificuldades em apoiar o conjunto sobre as pernas. Antes, o teclado “dançava” no colo do usuário, sem qualquer tipo de apoio, e digitar as teclas era algo bem incômodo. Na verdade, só agora a Type Cover foi pensada nos usuários de “laptops” literalmente. Antes, você só poderia utilizá-lo quando uma mesa estava disponível.

Acompanhando todo o conjunto, temos um lápis óptico, onde o comportamento já se sobressaía nas edições anteriores, e agora, eles conseguiram eliminar o efeito parallax, com a ajuda de uma fina pilha óptica.

Especificações do Microsoft Surface Pro 3

surface-3-pro-03

A tela de 12 polegadas é um dos pilares do novo dispositivo. Sua resolução é de 2.160 x 1.440 pixels, com o curioso formato de 3:2 (e não o de 16:9). A Microsoft explica que esse formato e resolução oferece até 6% a mais de conteúdo que o MacBook Air de 13 polegadas.

O novo tablet da Microsoft conta com os potentes processadores Intel – até o Core i7, na sua versão mais potente – com um sistema de refrigeração ativa, que é um dos diferenciais desse dispositivo. Segundo a Micrisoft, esse é um tablet silencioso, mesmo com esse sistema de refrigeração. Só vendo para crer.

O Microsoft Surface Pro 3 estará disponível em mercados selecionados a partir de amanhã (21), com preços iniciais sugeridos de US$ 799, podendo alcançar os US$ 1.949, na sua versão mais completa. Disponível nas versões com Intel Core i3/i5/i7.

 Microsoft-Surface-Pro-3-9 surface-3-pro-02 Microsoft-Surface-Pro-3-8 Microsoft-Surface-Pro-3-7 Microsoft-Surface-Pro-3-2 Microsoft-Surface-Pro-3-6 Microsoft-Surface-Pro-3-10 Microsoft-Surface-Pro-3-5 Microsoft-Surface-Pro-3-4 Microsoft-Surface-Pro-3-1