mslinux

 

Os mais céticos não imaginavam que esse dia realmente poderia chegar…

Se haviam dúvidas sobre os caminhos que Satya Nadella delineou para a Microsoft, elas se dissiparam completamente com o anúncio da Microsoft se tornando membro Platinum da Linux Foundation.

Não é de hoje que a Microsoft se aproxima do mundo open-source. Nos últimos anos, eles disponibilizaram o .NET (e o Visual Studio Core Editor) como open-source, integraram o Ubuntu no Windows 10 e se tornou a empresa que mais contribuições tem feito nesse universo.

Logo, este é um passo lógico, mas que não deixa de ser marcante.

Para uma empresa que teve como CEO Steve Ballmer, que chegou a dizer que “o Linux é um câncer”, é um passo mais do que marcante.

Vale lembrar que não será fácil para uma empresa com a dimensão da Microsoft mudar radicalmente de rumo. Porém, ela dá sinais que sabe se adaptar aos novos tempos, antecipando-se às mudanças que serão previsíveis para os próximos anos.

A aproximação do Linux sera vital, e apesar de muitos olharem com desconfiança para esse movimento (ainda mais quando lembram do que aconteceu com a Nokia), parece que dessa vez este é um exemplo a ser seguido.

Também é importante lembrar que a Google se junta à .NET Foundation, dando ainda mais credibilidade à plataforma.