Greenpeace climbers expose Samsungs toxic broken promises

E lá vamos nós de novo. Microsoft e Samsung estão muito próximas de serem protagonistas de uma nova batalha legal, envolvendo as famigeradas patentes relacionadas ao mundo mobile.

Em 2011, as duas gigantes fecharam um acordo de compartilhamento de algumas patentes. Essa prática se torna cada vez mais comum, e visa criar uma competição sadia, além de beneficiar todos os envolvidos. parte desse acordo consiste no fato da Samsung pagar compensações financeiras pelo uso de patentes da Microsoft em seus dispositivos Android.

Tudo ia bem… até a compra da Nokia por parte da Microsoft. Nesse momento, a Samsung se recusou a seguir pagando, entendendo que a compra anulava os acordos feitos previamente.

De forma curiosa, a Samsung procurou a Justiça para tentar anular o tal contrato. Sobre isso, a Microsoft menciona que a Samsung sabe muito bem que a compra da Nokia não tem absolutamente nada a ver com o acordo deles, e não aconselhava os coreanos a buscarem a anulação do acordo, pois as chances deles ganharem eram muito pequenas.

Agora, a Microsoft está processando a Samsung pelo não pagamento das patentes. Aliás, a Samsung até pagou de forma tardia, mas se recusam a pagar itens específicos, ou fazer pagamentos posteriores por essas patentes.

O processo foi apresentado em uma corte federal de Manhattan (EUA), e pede que a Samsung pague um valor não especificado pelo não cumprimento do contrato, mas não menciona a anulação do acordo. E é claro que a Microsoft não quer o fim do acordo, pois ganha muito da Samsung (e da LG  e HTC, e de tantas outras) com as patentes do Android que estão em seu poder.

A Samsung apenas informa que revisaram detalhadamente o conteúdo do processo, para determinar seus argumentos de defesa. Agora, é só esperar o desenvolvimento dessa história. Como a Samsung vai se defender de tal acusação?

Ou teremos um acordo a caminho, pois “é melhor para todo mundo”?

Via Microsoft