Asus-Vivo-Tab-RT-Windows-8

Segundo informa a Bloomberg, a Microsoft encontrou uma maneira de encurtar as distâncias entre eles e os fabricantes de PCs. Eles estariam considerando a possibilidade de reduzir os preços de venda do Windows 8.1 para os fabricantes em 70%, deixando a sua licença em apenas US$ 15 cada, para os dispositivos com preços inferiores a US$ 250.

Dessa forma, os fabricantes podem oferecer ao mercado equipamentos realmente baratos, com Windows, e sem perdas de margem de lucro. E o mais importante: se afastariam da Google, que ameaça o domínio do Windows com o Chrome OS.

A Microsoft não quis comentar o assunto. Essa não seria uma estratégia inédita? o Windows XP recebeu uma redução de preço considerável na sua época, para enfrentar a expansão do Linux nos notebooks.

Via The Verge