amd-logo

Apesar de não haver confirmação oficial, parece que a Microsoft teria iniciado as negociações para a aquisição da AMD. A empresa de Sunnyvale não atravessa o seu melhor momento nos aspectos financeiros, e fornece componentes para projetos importantes da Microsoft, como o Xbox One e as futuras Hololens.

Do ponto de vista econômico, a operação não deve gerar grandes esforços financeiros da Microsoft: a empresa conta com mais de US$ 95 bilhões em efetivos, e o valor atual da AMD é apenas de US$ 1.8 bilhão (três vezes menos do que o valor pago pela ATI Technologies em 2006).

Analistas estimam que a Microsoft paga hoje US$ 100 para a AMD para cada Xbox One vendido. Com quase 13 milhões de unidades vendidas do console, a conta é bem simples: a gigante de Redmond já desenbolsou US$ 1.260 bilhão para o seu provedor. Com a compra, eles podem economizar mais de US$ 1 bilhão por ano, além de obter milhares de patentes e tecnologias para a sua próxima geração de dispositivos.

A Microsoft muito provavelmente não precisa da AMD, que ainda se mantém forte nas soluções gráficas nos dispositivos top de linha, e em menor porte, oferece processadores para servidores. Não possui tradição no mundo mobile para ser adotado nos dispositivos Lumia, Surface ou similares. Por outro lado, a geração atual de consoles está no seu auge, e ainda tem alguns anos para ser substituída.

Se confirmada a compra, veríamos movimentos muito interessantes no setor. A Sony certamente não gosta da ideia de dar dinheiro para a Microsoft para cada PS4 vendido, mas também não parece ter uma boa saúde financeira para se dar ao luxo de mudar de plataforma.

Também seria interessante ver o que a Apple faria, uma vez que eles apostam na AMD para muitos dos seus produtos. E o que a Intel, sócia da Microsoft em múltiplos projetos, pode fazer?

Outras variáveis interessantes seriam o da Qualcomm ou da Samsung, que também estão de olho na compra da AMD. Talvez esses sejam apenas rumores (inclusive esse que envolve a Microsoft), mas de qualquer forma, a simples existência desses rumores já arranham de forma sensível a imagem da AMD.

E qualquer mudança desse porte (a compra de uma empresa por outra) pode desestabilizar um grande mercado como é o tecnológico.

Via KitGuru