windows-os

Um ecossistema único e unificado. Esse é o sonho da Microsoft desde o lançamento do Windows Phone. Oferecer a mesma experiência de uso para todos os dispositivos que utilizam alguma plataforma da gigante de Redmond era um dos planos de Steve Ballmer ao longo de sua gestão na empresa. Agora, parece que a Microsoft quer dar um passo adiante nessa ideia, colocando o mesmo sistema operacional em tablets, smartphones e PCs com Windows.

Julie Larson-Green, chefe de uma das divisões de desenvolvimento da Microsoft, falou sobre o assunto na UBS Global Technology Conference na última semana, revelando que a empresa não quer sustentar por muito tempo a condição de ter três plataformas separadas (Windows Phone, Windows RT e Windows 8), e que já busca uma solução que transite em diferentes dispositivos, com diferentes arquiteturas e formatos de tela.

Além disso, a Microsoft possui hoje duas lojas separadas de aplicativos: uma, para o Windows Phone, e outra, para o Windows. A ideia do pessoal de Redmond é mixar as duas lojas em uma no futuro. A prova disso é que eles mudaram o processo de registro para desenvolvedores, colocando um registro unificado para as duas lojas.

Vale lembrar que esse desejo de ecossistema unificado é o desejo das gigantes da tecnologia, principalmente aqueles que trabalham com mobilidade (leia-se Apple e Google, principalmente). Nos últimos anos, a Apple também aproximou a sua proposta de uso dos desktops (Mac OS X) com aquela bem sucedida nos dispositivos móveis (iOS). Existem alguns rumores que o desejo da gigante de Cupertino no futuro é também oferecer um sistema único. Por enquanto, eles aproximam as duas plataformas, com o objetivo de tornar o uso mais familiarizado.

A Google promove essa universalização das plataformas de forma mais discreta. Na verdade, pela proposta aberta do Android, a unificação não está no sistema operacional em si, mas sim nos produtos Google oferecidos (Gmail, Drive, Play Store, Play Music, Play Livros, etc).

Por fim, a Microsoft não informa maiores detalhes sobre esse plano de oferta de um único sistema operacional para todas as plataformas, mas ao que tudo indica, eles devem trabalhar nesse projeto nos próximos anos. Só o tempo vai dizer quanto tempo esse projeto vai levar.

Via The Verge